web-archive-pt.com » PT » A » ABOLA.PT

Total: 1703

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • abola.pt
    pé e meio nos quartos de final da Liga dos Campeões Cristiano Ronaldo voltou a ser decisivo com um grande golo que desbloqueou um jogo até aí muito complicado Depois aos 86 minutos Jesé fez os segundo e complicou ainda mais as contas dos italianos Real Madrid Todos esperam que Ronaldo marque sempre Zidane O treinador do Real Madrid Zinedine Zidane ficou muito satisfeito por Cristiano Ronaldo ter marcado à Roma isto porque defendeu que o goleador português está sempre pressionado para faturar em todos os jogos Estou contente Ronaldo ter marcado todos esperam que ele marque sempre golos Também estou contente por termos ganho e quero destacar o esforço de toda a equipa e acho que estivemos muito melhor na segunda parte afirmou Zidane em conferência de Imprensa O Real Madrid tem sentido problemas para ganhar fora de casa A verdade é que vai ser sempre difícil jogar fora e hoje também foi É claro que é mais difícil do que quando jogamos no Santiago Bernabéu Agora ganhar fora na Champions é muito importante e estou contente com o desempenho de Ronaldo e de todos Somos uma equipa O Real Madrid tem dois golos de vantagem e agora vai receber a Roma em casa mas o treinador francês não acha que a eliminatória esteja definida Isso não existe no futebol Nada está decidido Temos de jogar a segunda mão mas é claro que estamos contentes por termos ganho por 2 0 mas nada está fechado Liga dos Campeões Wolfsburgo vence em Gent 3 2 O Wolfsburg ficou mais perto dos quartos de final da Liga dos Campeões ao vencer esta quarta feira no terreno do Gent 3 2 no encontro da primeira mão dos oitavos da competição Draxler foi a figura do encontro apontando os dois primeiros golos da formação germânica aos 44 e 54 minutos No segundo tempo Max Kruse ampliou a vantagem para o Wolfsburgo com o capitão do Gent Sven Kums e Coulibaly a reduzirem para a equipa da casa aos 81 e 89 minutos respetivamente O encontro da segunda mão está agendado para o próximo dia 8 de março em Wolfsburgo Paris Saint Germain Ibrahimovic abre a porta ao campeonato inglês O sueco Zlatan Ibrahimovic que está em fim de contrato com o Paris Saint Germain revelou que dentro de pouco tempo vão surgir novidades em relação ao seu futuro e não afastou o cenário de jogar na Premier League Ainda tenho mais três meses aqui no Paris Saint Germain e depois o que irá acontecer Coisas importantes vão acontecer mas vão ter de esperar para ver afirmou Zlatan Ibrahimovic em declarações reproduzidas pela Imprensa inglesa Questionado se depois de ter experimentado o futebol espanhol italiano e francês se iria para Inglaterra Vou só dizer que estou em boa forma O avançado de 34 anos também tem sido apontado a clubes norte americanos e do Qatar Entre as chuteiras de Ronaldo e o sonho de ser como o ídolo Di María Estilos e Espantos Recados avisos e ameaças O futebol sírio é uma manta de retalhos difícil de descrever Pode se falar do campeonato que continua a decorrer apesar da Guerra Civil e das bombas que rebentam sem aviso Não escolhem sexo nem idade na hora da despedida O que é verdade desaparece num pequeno fragmento e o que é mentira nunca se chega a conhecer o veredito final Tem sido assim desde a Primavera Árabe de 2011 Pode se falar dos muitos jovens que sonhavam em ser jogadores de futebol mas que perderam a vida nessa maldita guerra sem precedentes Pode se falar daqueles jovens cujo sonho ainda persiste Não se consideram refugiados apenas foram obrigados a partir em busca de um futuro melhor Obrigados a abandonar as suas casas para não se perderem entre os escombros Obrigados a correr e nunca olhar para trás com o medo de não conhecerem o amanhã O combate entre o Governo e a oposição não tem forma de parar A ajuda humanitária chega esporadicamente a alguns lugares Milhares de sírios permanecem presos outros nem chegam a porto seguro Apenas desaparecem A oposição fragmentou se os rebeldes lutam uns contra os outros a palavra Al Qaeda está na frente do combate Espera se um milagre Amer não conseguiu esperar No Brasil encontrou um porto seguro Veste a camisola do Guarani sabe de cor todos os passos de Ronaldinho Gaúcho Anas é apenas dois anos mais velho que o seu compatriota escolheu Portugal como esconderijo Lá no Desportivo das Aves já se acostumou aos amigos Ainda recorda a velha Síria quando as cores faziam sentido Hoje predomina o cinzento o fumo as bombas Apaixonado pelo futebol confessa se um admirador de Cristiano Ronaldo mas é em Di María que vê um exemplo a seguir Não trouxe muito na bagagem apenas os sonhos e o pensamento de mudança para um dia mostrar aos sírios que ainda existe esperança A guerra já dura desde março de 2011 na cidade de Deraa depois da prisão de um dos jovens que teve a ousadia de pintar slogans revolucionários no muro da escola durante a Primavera Árabe O dia em que marcou para sempre o Médio Oriente o dia em que a população saiu à rua para protestar contra a má conduta dos ditadores e reivindicar por melhores condições de vida Todos anseiam pelo mesmo a saída do Presidente Assad do poder Mas ele é persistente e não quer sair O país entrou num clima de Guerra Civil são constantes as lutas entre os rebeldes e as tropas governamentais pelo controle das cidades Em 2012 a violência chegou à capital Damasco e à segunda metrópole mais importante do país Aleppo Amer e Anas sobreviveram entre bombas mas alguns dos amigos não tiveram a mesma sorte Tudo o que queriam era jogar futebol Depois de Adão e Eva só mesmo a mulher barbuda e o homem lagosta Estilos e Espantos Para os mais apaixonados todos os dias são bons dias para namorar mas o 14

    Original URL path: http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=559378 (2016-02-18)
    Open archived version from archive



  • valido e esperamos que nos continue a valer é a nossa pontaria temos sido ao longo da nossa História bem criteriosos na escolha das partidas que lhe temos pregado Na nossa relação com as ameaças há porém algo de patológico que nos não larga e que inclusive muito prezamos como se de uma rara qualidade se tratasse não nos contentamos nem somos capazes de lutar contra um adversário ou inimigo de cada vez juntamos sempre com angelical zelo mais uns tantos que nós próprios inventamos E claro assim é muito mais difícil Dá apenas e quando muito para o mágico da companhia tirar um dos seus coelhos da cartola como no circo É curioso de facto verificar que o brilho de Ricardinho os seus dois golos extra menú valeram neste Europeu muito mais que toda a rija competição das equipas esse brilho individual é inversamente proporcional à prestação global da equipa parece que esse brilho se alimenta paradoxalmente da opacidade da névoa colectiva sempre a nossa mania de vivermos de excepções e isso nos basta Mas é a partir dessa aura de brilho que a si próprio se permite assumir o papel clássico da carpideira infelizmente ainda não foi desta que conseguimos matar este borrego Nem sei se alguma vez o poderemos matar digo eu como ao fim de muitos anos aconteceu àquele adepto do Olhanense que finalmente com uma equipa onde alhinhava Jorge Jesus lá conseguiu levar de vencida o Sporting talvez com a protecção de S Luis nome do estádio onde se realizou o famoso jogo que ao que parece está na origem de tão curiosa expressão Vejamos o que disse o treinador seleccionador nacional após a derrota com a Sérvia Este jogo contra a Sérvia já nada me diz Agora vamos defrontar a Espanha olhos nos olhos vamos lutar de igual para igual Os meus amigos querem que eu traduza para português corrente Prefiro fazer jus à inteligência de quem me lê e dispensá lo de mais um redundadante esforço apenas ouso lançar lhe caro leitor o seguinte desafio faça o exercício de colocar este mesmo discurso agora na boca do seleccionador espanhol não dá soa mal a falso porque quem se crê superior não tem que fazer prova de vida junto de quem percepciona como inferior Óbvio meu Caro Watson Já alguém imaginou o treinador do Benfica por exemplo a dizer que está preparado para jogar com o Vianense de olhos nos olhos lutando contra a garbosa equipa minhota de igual para igual Não porque esse discurso denuncia fraqueza e como tal por todos considerada e que apenas permite fazer das tripas coração para tentar retardar ao máximo o que todos sabem inevitável a vitória do adversário Está feita pois a tradução das letais palavras do treinador português que ao proferi las e isto é o mais grave julgou estar a dar um precioso impulso motivacional aos seus atletas É este o nosso problema não nos limitamos a ter medo que não há quem alguma vez

    Original URL path: http://www.abola.pt/nnh/print.aspx?id=597737 (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • A «matança do borrego» (artigo de José Antunes de Sousa, 33)
    A matança do borrego artigo de José Antunes de Sousa 33 A redireccionar

    Original URL path: http://www.abola.pt/partilhar/?id=597737&zona=nnh&site=1 (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • A «matança do borrego» (artigo de José Antunes de Sousa, 33)
    A matança do borrego artigo de José Antunes de Sousa 33 A redireccionar

    Original URL path: http://www.abola.pt/partilhar/?id=597737&zona=nnh&site=2 (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • abola.pt
    de modalidades individuais e à custa das famílias dos atletas Como é que em nome das crianças e dos jovens e não de qualquer desígnio nacional mais ou menos idiota se pode começar a superar esta dramática situação 3 É revoltante ver em que situação socioprofissional ficam a generalidade dos antigos campeões portugueses que pelas mais diversas razões não cuidaram de conseguir uma situação profissional alternativa à competição desportiva É necessário estabelecer os mecanismos legislativos necessários a fim de garantirem um conforto futuro àqueles que competem ao serviço do País Portanto não vale a pena andar se a chorar lágrimas de crocodilo relativamente aos degradantes acontecimentos relativos à IAAF nem a esconder o que se está a passar em Portugal A resolução do problema passa por novas mentalidades novos processos e novos objetivos Não é com ideias que foram as grandes responsáveis pelo estado moral lastimoso em que o desporto se encontra que alguma vez será possível construir uma nova agenda para o desporto Gustavo Pires é professor catedrático da Faculdade de Motricidade Humana Gustavo Pires NOTÍCIAS RELACIONADAS 16 04 28 12 2015 Olimpismo e Solidariedade Para uma Ética de Responsabilidade Social artigo de Gustavo Pires 26 19 51 13 12 2015 João Wengorovius Meneses e o Aniversário Neokitsch do COP artigo de Gustavo Pires 25 23 18 29 11 2015 Uma Nova Agenda para o Desporto artigo de Gustavo Pires 24 21 14 22 11 2015 O XXI Governo e a Galinha das Medalhas Olímpicas artigo de Gustavo Pires 23 19 12 08 11 2015 O Catalisador Olímpico artigo de Gustavo Pires 22 15 53 26 10 2015 Educação Física Desporto Um Absurdo Epistemológico artigo de Gustavo Pires 21 18 07 20 09 2015 Programas Eleitorais Partido Socialista artigo de Gustavo Pires 19 22 59 31 07 2015 A Síndrome Blatter e o Futuro do Movimento Olímpico artigo de Gustavo Pires 17 17 40 15 07 2015 Francisco Lázaro A Primeira Morte nos Jogos Olímpicos Modernos artigo de Gustavo Pires 16 16 49 11 07 2015 A Desgraçada Moeda Olímpica artigo de Gustavo Pires 15 22 30 19 06 2015 Olimpismo e Direitos Humanos artigo de Gustavo Pires 14 20 20 07 06 2015 De uma Cultura de Balneário para uma Cultura de Clube artigo de Gustavo Pires 13 17 59 24 05 2015 Olimpismo e Cultura de Participação artigo de Gustavo Pires 12 00 38 18 04 2015 Olimpismo e Desenvolvimento Um Processo Amigável artigo de Gustavo Pires 11 22 49 10 04 2015 Um Movimento Olímpico Vazio de Significância artigo de Gustavo Pires 10 22 37 02 04 2015 Espírito Olímpico artigo de Gustavo Pires 9 22 27 26 03 2015 Thomas Bach versus Pierre de Coubertin artigo de Gustavo Pires 8 16 50 21 03 2015 Thomas Bach e a Educação Física artigo de Gustavo Pires 7 19 02 26 02 2015 A Educação da Violência artigo de Gustavo Pires 6 15 43 22 01 2015 Pierre de Coubertin Olimpicamente Neoliberal artigo de Gustavo Pires 5 23 58 14 11 2014 As Olisipíadas Para uma Cultura de Autenticidade artigo de Gustavo Pires 4 19 04 31 10 2014 Pierre de Coubertin e o Modelo Europeu de Desporto artigo de Gustavo Pires 3 17 43 14 10 2014 A Competição em Pierre de Coubertin artigo de Gustavo Pires 2 18 53 29 09 2014 Ver longe Ser Competente Organizar o Futuro artigo de Gustavo Pires 1 comentários 0 Faça um comentário máx 300 Login Já não é possível comentar esta notícia mais de OLIMPISMO 14 12 2015 21 33 Comité Olímpico distingue Telma Monteiro e Fernando Pimenta como atletas do ano Olimpismo Os prémios de atletas do ano do Comité Olímpico de Portugal COP foram entregues à judoca Telma Monteiro e ao canoísta Fernando Pimenta Na cerimónia do 106 º anivers 22 01 2015 15 43 Pierre de Coubertin Olimpicamente Neoliberal artigo de Gustavo Pires 5 Olimpismo Pensar global e agir local é o que parece caracterizar a dinâmica de desenvolvimento da CM de Montemor o Velho que devido às condições naturais de excelência do seu terr 17 43 14 10 2014 A Competição em Pierre de Coubertin artigo de Gustavo Pires 2 Ver todas as notícias destaques Liga dos Campeões Real Madrid vence Roma 2 0 O Real Madrid venceu a Roma por 2 0 e está com pé e meio nos quartos de final da Liga dos Campeões Cristiano Ronaldo voltou a ser decisivo com um grande golo que desbloqueou um jogo até aí muito complicado Depois aos 86 minutos Jesé fez os segundo e complicou ainda mais as contas dos italianos Real Madrid Todos esperam que Ronaldo marque sempre Zidane O treinador do Real Madrid Zinedine Zidane ficou muito satisfeito por Cristiano Ronaldo ter marcado à Roma isto porque defendeu que o goleador português está sempre pressionado para faturar em todos os jogos Estou contente Ronaldo ter marcado todos esperam que ele marque sempre golos Também estou contente por termos ganho e quero destacar o esforço de toda a equipa e acho que estivemos muito melhor na segunda parte afirmou Zidane em conferência de Imprensa O Real Madrid tem sentido problemas para ganhar fora de casa A verdade é que vai ser sempre difícil jogar fora e hoje também foi É claro que é mais difícil do que quando jogamos no Santiago Bernabéu Agora ganhar fora na Champions é muito importante e estou contente com o desempenho de Ronaldo e de todos Somos uma equipa O Real Madrid tem dois golos de vantagem e agora vai receber a Roma em casa mas o treinador francês não acha que a eliminatória esteja definida Isso não existe no futebol Nada está decidido Temos de jogar a segunda mão mas é claro que estamos contentes por termos ganho por 2 0 mas nada está fechado Liga dos Campeões Wolfsburgo vence em Gent 3 2 O Wolfsburg ficou mais perto dos quartos de final da Liga dos Campeões ao vencer esta quarta feira no terreno do Gent 3

    Original URL path: http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=592761 (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • abola.pt
    para o desporto tal perspetiva protofascista de desenvolvimento Gustavo Pires é professor catedrático da Faculdade de Motricidade Humana NOTÍCIAS RELACIONADAS 19 51 13 12 2015 João Wengorovius Meneses e o Aniversário Neokitsch do COP artigo de Gustavo Pires 25 23 18 29 11 2015 Uma Nova Agenda para o Desporto artigo de Gustavo Pires 24 21 14 22 11 2015 O XXI Governo e a Galinha das Medalhas Olímpicas artigo de Gustavo Pires 23 19 12 08 11 2015 O Catalisador Olímpico artigo de Gustavo Pires 22 15 53 26 10 2015 Educação Física Desporto Um Absurdo Epistemológico artigo de Gustavo Pires 21 18 07 20 09 2015 Programas Eleitorais Partido Socialista artigo de Gustavo Pires 19 22 59 31 07 2015 A Síndrome Blatter e o Futuro do Movimento Olímpico artigo de Gustavo Pires 17 17 40 15 07 2015 Francisco Lázaro A Primeira Morte nos Jogos Olímpicos Modernos artigo de Gustavo Pires 16 16 49 11 07 2015 A Desgraçada Moeda Olímpica artigo de Gustavo Pires 15 22 30 19 06 2015 Olimpismo e Direitos Humanos artigo de Gustavo Pires 14 20 20 07 06 2015 De uma Cultura de Balneário para uma Cultura de Clube artigo de Gustavo Pires 13 17 59 24 05 2015 Olimpismo e Cultura de Participação artigo de Gustavo Pires 12 00 38 18 04 2015 Olimpismo e Desenvolvimento Um Processo Amigável artigo de Gustavo Pires 11 22 49 10 04 2015 Um Movimento Olímpico Vazio de Significância artigo de Gustavo Pires 10 22 37 02 04 2015 Espírito Olímpico artigo de Gustavo Pires 9 22 27 26 03 2015 Thomas Bach versus Pierre de Coubertin artigo de Gustavo Pires 8 16 50 21 03 2015 Thomas Bach e a Educação Física artigo de Gustavo Pires 7 19 02 26 02 2015 A Educação da Violência artigo de Gustavo Pires 6 15 43 22 01 2015 Pierre de Coubertin Olimpicamente Neoliberal artigo de Gustavo Pires 5 23 58 14 11 2014 As Olisipíadas Para uma Cultura de Autenticidade artigo de Gustavo Pires 4 19 04 31 10 2014 Pierre de Coubertin e o Modelo Europeu de Desporto artigo de Gustavo Pires 3 17 43 14 10 2014 A Competição em Pierre de Coubertin artigo de Gustavo Pires 2 18 53 29 09 2014 Ver longe Ser Competente Organizar o Futuro artigo de Gustavo Pires 1 comentários 0 Faça um comentário máx 300 Login Já não é possível comentar esta notícia mais de OLIMPISMO 09 02 2016 21 48 Simplesmente Mulheres artigo de Gustavo Pires 28 Olimpismo Pierre de Coubertin ao contrário do que geralmente se afirma não era contra a prática desportiva das mulheres Ele até dizia que se as mulheres quisessem praticar desp 04 01 2016 18 33 Cavaco Silva condecora José Manuel Constantino e três medalhados olímpicos Olimpismo José Manuel Constantino presidente do Comité Olímpico de Portugal foi esta segunda feira agraciado pelo Presidente da República Cavaco Silva com a Ordem do Infante D 22 31 05 12 2015 Vítor Serpa evoca legado de Pierre de Coubertin no aniversário da Academia Olímpica 23 18 29 11 2015 Uma Nova Agenda para o Desporto artigo de Gustavo Pires 24 21 14 22 11 2015 O XXI Governo e a Galinha das Medalhas Olímpicas artigo de Gustavo Pires 23 Ver todas as notícias destaques Liga dos Campeões Real Madrid vence Roma 2 0 O Real Madrid venceu a Roma por 2 0 e está com pé e meio nos quartos de final da Liga dos Campeões Cristiano Ronaldo voltou a ser decisivo com um grande golo que desbloqueou um jogo até aí muito complicado Depois aos 86 minutos Jesé fez os segundo e complicou ainda mais as contas dos italianos Real Madrid Todos esperam que Ronaldo marque sempre Zidane O treinador do Real Madrid Zinedine Zidane ficou muito satisfeito por Cristiano Ronaldo ter marcado à Roma isto porque defendeu que o goleador português está sempre pressionado para faturar em todos os jogos Estou contente Ronaldo ter marcado todos esperam que ele marque sempre golos Também estou contente por termos ganho e quero destacar o esforço de toda a equipa e acho que estivemos muito melhor na segunda parte afirmou Zidane em conferência de Imprensa O Real Madrid tem sentido problemas para ganhar fora de casa A verdade é que vai ser sempre difícil jogar fora e hoje também foi É claro que é mais difícil do que quando jogamos no Santiago Bernabéu Agora ganhar fora na Champions é muito importante e estou contente com o desempenho de Ronaldo e de todos Somos uma equipa O Real Madrid tem dois golos de vantagem e agora vai receber a Roma em casa mas o treinador francês não acha que a eliminatória esteja definida Isso não existe no futebol Nada está decidido Temos de jogar a segunda mão mas é claro que estamos contentes por termos ganho por 2 0 mas nada está fechado Liga dos Campeões Wolfsburgo vence em Gent 3 2 O Wolfsburg ficou mais perto dos quartos de final da Liga dos Campeões ao vencer esta quarta feira no terreno do Gent 3 2 no encontro da primeira mão dos oitavos da competição Draxler foi a figura do encontro apontando os dois primeiros golos da formação germânica aos 44 e 54 minutos No segundo tempo Max Kruse ampliou a vantagem para o Wolfsburgo com o capitão do Gent Sven Kums e Coulibaly a reduzirem para a equipa da casa aos 81 e 89 minutos respetivamente O encontro da segunda mão está agendado para o próximo dia 8 de março em Wolfsburgo Paris Saint Germain Ibrahimovic abre a porta ao campeonato inglês O sueco Zlatan Ibrahimovic que está em fim de contrato com o Paris Saint Germain revelou que dentro de pouco tempo vão surgir novidades em relação ao seu futuro e não afastou o cenário de jogar na Premier League Ainda tenho mais três meses aqui no Paris Saint Germain e depois o que irá acontecer Coisas importantes vão acontecer mas vão ter

    Original URL path: http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=589868 (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • abola.pt
    Olímpica da Língua portuguesa no Rio de Janeiro a dependência do nacional olimpismo dos interesses económicos os documentos estratégicos ao estilo magister dixit para já não falarmos entre outros casos mais ou menos picantes da obscena promiscuidade de altos dirigentes desportivos que sem qualquer vergonha acumulam altas funções nos partidos políticos Por tudo isto lamento dizer ao sr secretário de Estado que já está fora de prazo O seu horizonte temporal terminou mesmo antes de ter sido nomeado O tempo no desporto avança a uma velocidade tal que quando ele se der conta do que se está a passar já se foi embora E passou a ser o Messias que podia ter sido mas não foi A festa Kitsch do aniversário do COP no fundo representa tão só um ponto alto do mais provinciano mau gosto da cultura neoKitsch que tomou conta do nacional Olimpismo De qualquer maneira desejo ao sr secretário de Estado boa sorte Gustavo Pires é professor catedrático da Faculdade de Motricidade Humana Gustavo Pires NOTÍCIAS RELACIONADAS 23 18 29 11 2015 Uma Nova Agenda para o Desporto artigo de Gustavo Pires 24 21 14 22 11 2015 O XXI Governo e a Galinha das Medalhas Olímpicas artigo de Gustavo Pires 23 19 12 08 11 2015 O Catalisador Olímpico artigo de Gustavo Pires 22 15 53 26 10 2015 Educação Física Desporto Um Absurdo Epistemológico artigo de Gustavo Pires 21 18 07 20 09 2015 Programas Eleitorais Partido Socialista artigo de Gustavo Pires 19 22 59 31 07 2015 A Síndrome Blatter e o Futuro do Movimento Olímpico artigo de Gustavo Pires 17 17 40 15 07 2015 Francisco Lázaro A Primeira Morte nos Jogos Olímpicos Modernos artigo de Gustavo Pires 16 16 49 11 07 2015 A Desgraçada Moeda Olímpica artigo de Gustavo Pires 15 22 30 19 06 2015 Olimpismo e Direitos Humanos artigo de Gustavo Pires 14 20 20 07 06 2015 De uma Cultura de Balneário para uma Cultura de Clube artigo de Gustavo Pires 13 17 59 24 05 2015 Olimpismo e Cultura de Participação artigo de Gustavo Pires 12 00 38 18 04 2015 Olimpismo e Desenvolvimento Um Processo Amigável artigo de Gustavo Pires 11 22 49 10 04 2015 Um Movimento Olímpico Vazio de Significância artigo de Gustavo Pires 10 22 37 02 04 2015 Espírito Olímpico artigo de Gustavo Pires 9 22 27 26 03 2015 Thomas Bach versus Pierre de Coubertin artigo de Gustavo Pires 8 16 50 21 03 2015 Thomas Bach e a Educação Física artigo de Gustavo Pires 7 19 02 26 02 2015 A Educação da Violência artigo de Gustavo Pires 6 15 43 22 01 2015 Pierre de Coubertin Olimpicamente Neoliberal artigo de Gustavo Pires 5 23 58 14 11 2014 As Olisipíadas Para uma Cultura de Autenticidade artigo de Gustavo Pires 4 19 04 31 10 2014 Pierre de Coubertin e o Modelo Europeu de Desporto artigo de Gustavo Pires 3 17 43 14 10 2014 A Competição em Pierre de Coubertin artigo de Gustavo Pires 2 18 53 29 09 2014 Ver longe Ser Competente Organizar o Futuro artigo de Gustavo Pires 1 comentários 0 Faça um comentário máx 300 Login Já não é possível comentar esta notícia mais de 03 02 2016 22 18 Nandinho muito orgulhoso dos seus jogadores Apesar da derrota por 0 3 o treinador do Gil Vicente mostrou se orgulhoso com a atitude dos seus jogadores diante do FC Porto Sou um treinador muito orgulhoso dos m 18 01 2016 22 39 Swansea vence Watford 1 0 O Swansea recebeu e venceu o Watford por 1 0 em jogo da 22 ª jornada da Liga inglesa O golo de Williams aos 27 minutos foi suficiente para o Swansea somar os três 09 33 15 12 2015 Rui Coimbra homenageado na festa do futebol algarvio 21 53 09 12 2015 Vamos dar tudo na Liga Europa e no campeonato Maicon 11 31 24 10 2015 Norton de Matos com duas ausências para o Restelo Ver todas as notícias destaques Liga dos Campeões Real Madrid vence Roma 2 0 O Real Madrid venceu a Roma por 2 0 e está com pé e meio nos quartos de final da Liga dos Campeões Cristiano Ronaldo voltou a ser decisivo com um grande golo que desbloqueou um jogo até aí muito complicado Depois aos 86 minutos Jesé fez os segundo e complicou ainda mais as contas dos italianos Real Madrid Todos esperam que Ronaldo marque sempre Zidane O treinador do Real Madrid Zinedine Zidane ficou muito satisfeito por Cristiano Ronaldo ter marcado à Roma isto porque defendeu que o goleador português está sempre pressionado para faturar em todos os jogos Estou contente Ronaldo ter marcado todos esperam que ele marque sempre golos Também estou contente por termos ganho e quero destacar o esforço de toda a equipa e acho que estivemos muito melhor na segunda parte afirmou Zidane em conferência de Imprensa O Real Madrid tem sentido problemas para ganhar fora de casa A verdade é que vai ser sempre difícil jogar fora e hoje também foi É claro que é mais difícil do que quando jogamos no Santiago Bernabéu Agora ganhar fora na Champions é muito importante e estou contente com o desempenho de Ronaldo e de todos Somos uma equipa O Real Madrid tem dois golos de vantagem e agora vai receber a Roma em casa mas o treinador francês não acha que a eliminatória esteja definida Isso não existe no futebol Nada está decidido Temos de jogar a segunda mão mas é claro que estamos contentes por termos ganho por 2 0 mas nada está fechado Liga dos Campeões Wolfsburgo vence em Gent 3 2 O Wolfsburg ficou mais perto dos quartos de final da Liga dos Campeões ao vencer esta quarta feira no terreno do Gent 3 2 no encontro da primeira mão dos oitavos da competição Draxler foi a figura do encontro apontando os dois primeiros golos da formação germânica aos 44 e 54

    Original URL path: http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=587799 (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • abola.pt
    as palavras do Presidente Willi Weyer proferidas em 1979 o desporto tinha como missão proporcionar alegria felicidade e libertação ao maior número possível de indivíduos O que aconteceu em diversos países sobretudo a partir da queda do muro de Berlim foi a assunção política de uma mentalidade olímpicolibertária que à revelia dos interesses da generalidade da população e das suas famílias assumiu uma perspetiva de desenvolvimento que inspirada no modelo organizacional da RDA passou a ser dirigida a uma pequena elite de praticantes sem quaisquer relações com a base do Sistema Desportivo Entre nós a máxima que representa este modelo de desenvolvimento do desporto de tipo militarista e subordinado ao marketing dos interesses comerciais foi orgulhosamente cunhada com a frase a camisola de Portugal deve usar se por dever Em consequência hoje o Estado português na mais completa desarticulação sinergística entre a base e o vértice da pirâmide desportiva entrega milhões de euros ao Comité Olímpico de Portugal que por sua vez entre outras tem como entidades patrocinadoras a REN cujo capital é em grande parte chinês Claro que esta lógica de desenvolvimento que ignora o social e opta pelo mercado proporciona melhores e mais imediatos efeitos tanto a nível da cosmética política como da oportunidade de negócios Contudo compromete a prazo um desenvolvimento verdadeiramente sustentado e conseguido no interesse da generalidade das pessoas e do País Como se viu recentemente até os clubes que deviam ser considerados como as células base do desenvolvimento do desporto estão a ser questionados pela superestrutura ideológica do desporto que na referida visão olimpicolibertária transmite a ideia de que no modelo vigente de Centros de Alto Rendimento os clubes só servem para atrapalhar Ora bem é bom que se entenda que uma nova agenda para o desporto centrada verdadeiramente nos interesses dos portugueses requer capacidade e coragem para avançar com opções que em matérias de políticas publicas implicam uma ética de autenticidade política que vai conflituar com interesses há longos anos instalados Assim sendo o XXI Governo está na situação de ter de decidir se à margem de qualquer preocupação social prossegue a opção ideológica do modelo do valor desportivo do XV Governo direcionado em regime de exclusividade para a ilusória obtenção de medalhas olímpicas ou pelo contrário inicia uma nova abordagem equilibrada entre a massa e a elite de praticantes a partir de uma conceção socialmente responsável baseada na necessidade de verdadeiramente melhorar o Nível Desportivo do País Claro que tal opção não conduz a resultados imediatos mas garante um desporto nacional com um mínimo de dignidade social enquanto forma de realização pessoal e para uma vida saudável Para o efeito é necessário 1 Assumir o desporto como uma filosofia de vida ao serviço do desenvolvimento humano e não como mais um agente promotor de desigualdades e de injustiça social em nome de umas hipotéticas medalhas olímpicas 2 Avaliar a superestrutura e o padrão curricular de funcionamento da Disciplina de Educação Física dos ensinos básicos e secundários que de há quase trinta anos a esta parte como se verifica pelos preocupantes níveis de obesidade das crianças os fracos índices de prática desportiva e o medíocre padrão de cultura desportiva dos portugueses não deu resposta às necessidades da saúde da educação do desporto da cultura e do País 3 Atribuir ao Desporto Escolar a ideologia a estrutura e os meios necessários para a montante do sistema desportivo desencadear uma verdadeira transformação desportiva cultural e social no País 4 Permitir ao Comité Olímpico de Portugal que de acordo com a Carta Olímpica possa cumprir a sua verdadeira missão avalizada na Lei de Bases da Atividade Desportiva e do Desporto desobrigando o das funções de repartição pública de controlo financeiro de verbas atribuídas pela tutela às Federações Desportivas 5 Avaliar e eventualmente reconverter dos Centros de Alto Rendimento num total de cerca de vinte 13 creditados que pretensamente de acordo com o modelo desenvolvido na Republica Democrática Alemã RDA têm como objetivo alimentar o sistema de alta competição em vigor à revelia dos clubes enquanto células base do desporto e à margem de um projeto de melhoria do Nível Desportivo do País 6 Reequacionar a inaceitável situação da Fundação do Desporto que na maior das confusões à custa de dinheiros públicos configura um sistema paralelo de organização pública do desporto com o objetivo de contranatura gerir os Centros de Alto Rendimento alimentar o espetáculo desportivo e dar guarida a membros das nomenclaturas político partidárias desempregados 7 Separar o Instituto do Desporto de Portugal do Instituto Português da Juventude O Instituto Português do Desporto e Juventude criado pelo XIX Governo não passa de uma espécie de elefante branco que para além de não resolver nenhum verdadeiro problema da juventude acaba por prejudicar de sobremaneira o desporto 8 Desenvolver um sistema efetivo e em tempo real de controlo das Federações Desportivas enquanto organizações que exercem funções públicas no que diz respeito ao cumprimento pelos mais elementares preceitos democráticos bem como à transparente utilização que fazem dos dinheiros públicos 9 Implementar urgentemente um conjunto de instrumentos necessários à tomada de decisão no âmbito das políticas públicas como sejam entre outros a Conta Satélite do Desporto ou a Carta Desportiva Nacional há vários anos prometidos 10 Acabar com o desperdício de dinheiros públicos em projetos como os Lusofonia Games realizados na Índia que não passaram de uma degradante vergonha nacional 11 Institucionalizar uma linha direta de apoio aos clubes a partir das autarquias na medida em que eles sempre foram e vão continuar a ser as células base do desporto e no meio da crise que o País vive em inúmeras situações para além das funções desportivas ainda estão a cumprir funções sociais 12 Conceber uma estratégia de cooperação com as Universidades Faculdades e outras escolas públicas que ministram cursos no âmbito da educação física e no do desporto no sentido de articular a formação e os currículos ministrados bem como os diplomas profissionais com as verdadeiras necessidades do desporto nacional 13 Avaliar o sistema de formação de quadros para o desporto bem como o exercício das profissões do desporto 14 Idealizar e executar um verdadeiro programa nacional integrado no âmbito da promoção da prática desportiva e do desporto para todos incluindo a dirigida às pessoas com necessidades especiais bem como ao alto rendimento enquanto padrão de excelência que deve servir de exemplo para o desporto e o País 15 Implementa um programa nacional de ética desportiva articulado com um programa nacional de prática desportiva atribuindo lhe os meios necessários ao seu êxito que passa por um envolvimento das várias entidades no âmbito da promoção da prática desportiva a começar pelo próprio Comité Olímpico de Portugal que para o efeito se deve abrir de uma forma franca e clara à sociedade portuguesa 16 Construir uma estratégia partilhada de desenvolvimento do desporto no âmbito dos Países de Língua Portuguesa que em termos de futuro se projete para além do próprio desporto 17 Elaborar uma política concertada de interesse desportivo social e económica em matéria de organização de eventos desportivos internacionais sustentáveis em território nacional a fim de obviar ao excesso de eventos desportivas internacionais realizados à custa de dinheiros dos contribuintes sem que daí advenham benefícios para o desporto ou para o País 18 Clarificar através de um processo amplamente participado da superestrutura do desporto nacional de maneira a através de uma visão moderna partilhada e portadora de futuro dê um sentido de esperança e de progresso ao desporto nacional 19 Idealizar uma estratégia conducente à integração do desporto nos mais diversos programas setoriais de afirmação de Portugal no Mundo 20 Abrir um espaço livre de discussão e de diálogo de confronto de ideias e articulação de projetos que numa constante participação dos mais diversos agentes associações profissionais sociedades científicas clubes árbitros Ligas universidades e outros permita celebrar um amplo quadro de parcerias estratégicas naturais no âmbito do processo de desenvolvimento do desporto nacional O desporto salvo algumas exceções tem estado ao serviço de uma oligarquia que sem qualquer pudor de ordem social tem vindo a contribuir decididamente para acentuar as disparidades sociais do País Claro que toda esta situação passa por um arranjo institucional suportado em burocratas especialistas em manterem se agarrados ao poder ou em saltarem de instituição para instituição com o único objetivo de sustentarem o status quo independentemente do partido ou coligação que estiver no Governo É tempo de este estado de coisas terminar de maneira a que a partir dos milhares de dirigentes e técnicos que nas estruturas intermédias e na base do Sistema Desportivo de uma forma desinteressada dão o seu contributo do desenvolvimento do desporto possa ser idealizado um projeto sério e sobretudo partilhado pela generalidade dos portugueses direta ou indiretamente envolvidos no desporto Um projeto com um forte sentido social desenvolvido das Escolas do Ensino Básico e Secundário aos Jogos Olímpicos integrando as mais diversas áreas e setores de desenvolvimento O XXI Governo prometeu uma nova agenda para o desporto Ora uma nova agenda para o desporto constrói se com novas ideias novas políticas novas pessoas e novos projetos A ver vamos Gustavo Pires é professor catedrático da Faculdade de Motricidade Humana NOTÍCIAS RELACIONADAS 21 14 22 11 2015 O XXI Governo e a Galinha das Medalhas Olímpicas artigo de Gustavo Pires 23 19 12 08 11 2015 O Catalisador Olímpico artigo de Gustavo Pires 22 15 53 26 10 2015 Educação Física Desporto Um Absurdo Epistemológico artigo de Gustavo Pires 21 18 07 20 09 2015 Programas Eleitorais Partido Socialista artigo de Gustavo Pires 19 22 59 31 07 2015 A Síndrome Blatter e o Futuro do Movimento Olímpico artigo de Gustavo Pires 17 17 40 15 07 2015 Francisco Lázaro A Primeira Morte nos Jogos Olímpicos Modernos artigo de Gustavo Pires 16 16 49 11 07 2015 A Desgraçada Moeda Olímpica artigo de Gustavo Pires 15 22 30 19 06 2015 Olimpismo e Direitos Humanos artigo de Gustavo Pires 14 20 20 07 06 2015 De uma Cultura de Balneário para uma Cultura de Clube artigo de Gustavo Pires 13 17 59 24 05 2015 Olimpismo e Cultura de Participação artigo de Gustavo Pires 12 00 38 18 04 2015 Olimpismo e Desenvolvimento Um Processo Amigável artigo de Gustavo Pires 11 22 49 10 04 2015 Um Movimento Olímpico Vazio de Significância artigo de Gustavo Pires 10 22 37 02 04 2015 Espírito Olímpico artigo de Gustavo Pires 9 22 27 26 03 2015 Thomas Bach versus Pierre de Coubertin artigo de Gustavo Pires 8 16 50 21 03 2015 Thomas Bach e a Educação Física artigo de Gustavo Pires 7 19 02 26 02 2015 A Educação da Violência artigo de Gustavo Pires 6 15 43 22 01 2015 Pierre de Coubertin Olimpicamente Neoliberal artigo de Gustavo Pires 5 23 58 14 11 2014 As Olisipíadas Para uma Cultura de Autenticidade artigo de Gustavo Pires 4 19 04 31 10 2014 Pierre de Coubertin e o Modelo Europeu de Desporto artigo de Gustavo Pires 3 17 43 14 10 2014 A Competição em Pierre de Coubertin artigo de Gustavo Pires 2 18 53 29 09 2014 Ver longe Ser Competente Organizar o Futuro artigo de Gustavo Pires 1 comentários 0 Faça um comentário máx 300 Login Já não é possível comentar esta notícia mais de OLIMPISMO 09 02 2016 21 48 Simplesmente Mulheres artigo de Gustavo Pires 28 Olimpismo Pierre de Coubertin ao contrário do que geralmente se afirma não era contra a prática desportiva das mulheres Ele até dizia que se as mulheres quisessem praticar desp 04 01 2016 18 33 Cavaco Silva condecora José Manuel Constantino e três medalhados olímpicos Olimpismo José Manuel Constantino presidente do Comité Olímpico de Portugal foi esta segunda feira agraciado pelo Presidente da República Cavaco Silva com a Ordem do Infante D 16 04 28 12 2015 Olimpismo e Solidariedade Para uma Ética de Responsabilidade Social artigo de Gustavo Pires 26 22 31 05 12 2015 Vítor Serpa evoca legado de Pierre de Coubertin no aniversário da Academia Olímpica 21 14 22 11 2015 O XXI Governo e a Galinha das Medalhas Olímpicas artigo de Gustavo Pires 23 Ver todas as notícias destaques Liga dos Campeões Real Madrid vence Roma 2 0 O Real Madrid venceu a Roma por 2 0 e está com pé e meio nos quartos de final da Liga dos Campeões Cristiano Ronaldo voltou a ser decisivo com um grande golo que desbloqueou um jogo até aí muito complicado Depois aos 86 minutos Jesé fez os segundo e complicou ainda mais as contas dos italianos Real Madrid Todos esperam que Ronaldo marque sempre Zidane O treinador do Real Madrid Zinedine Zidane ficou muito satisfeito por Cristiano Ronaldo ter marcado à Roma isto porque defendeu que o goleador português está sempre pressionado para faturar em todos os jogos Estou contente Ronaldo ter marcado todos esperam que ele marque sempre golos Também estou contente por termos ganho e quero destacar o esforço de toda a equipa e acho que estivemos muito melhor na segunda parte afirmou Zidane em conferência de Imprensa O Real Madrid tem sentido problemas para ganhar fora de casa A verdade é que vai ser sempre difícil jogar fora e hoje também foi É claro que é mais difícil do que quando jogamos no Santiago Bernabéu Agora ganhar fora na Champions é muito importante e estou contente com o desempenho de Ronaldo e de todos Somos uma equipa O Real Madrid tem dois golos de vantagem e agora vai receber a Roma em casa mas o treinador francês não acha que a eliminatória esteja definida Isso não existe no futebol Nada está decidido Temos de jogar a segunda mão mas é claro que estamos contentes por termos ganho por 2 0 mas nada está fechado Liga dos Campeões Wolfsburgo vence em Gent 3 2 O Wolfsburg ficou mais perto dos quartos de final da Liga dos Campeões ao vencer esta quarta feira no terreno do Gent 3 2 no encontro da primeira mão dos oitavos da competição Draxler foi a figura do encontro apontando os dois primeiros golos da formação germânica aos 44 e 54 minutos No segundo tempo Max Kruse ampliou a vantagem para o Wolfsburgo com o capitão do Gent Sven Kums e Coulibaly a reduzirem para a equipa da casa aos 81 e 89 minutos respetivamente O encontro da segunda mão está agendado para o próximo dia 8 de março em Wolfsburgo Paris Saint Germain Ibrahimovic abre a porta ao campeonato inglês O sueco Zlatan Ibrahimovic que está em fim de contrato com o Paris Saint Germain revelou que dentro de pouco tempo vão surgir novidades em relação ao seu futuro e não afastou o cenário de jogar na Premier League Ainda tenho mais três meses aqui no Paris Saint Germain e depois o que irá acontecer Coisas importantes vão acontecer mas vão ter de esperar para ver afirmou Zlatan Ibrahimovic em declarações reproduzidas pela Imprensa inglesa Questionado se depois de ter experimentado o futebol espanhol italiano e francês se iria para Inglaterra Vou só dizer que estou em boa forma O avançado de 34 anos também tem sido apontado a clubes norte americanos e do Qatar Entre as chuteiras de Ronaldo e o sonho de ser como o ídolo Di María Estilos e Espantos Recados avisos e ameaças O futebol sírio é uma manta de retalhos difícil de descrever Pode se falar do campeonato que continua a decorrer apesar da Guerra Civil e das bombas que rebentam sem aviso Não escolhem sexo nem idade na hora da despedida O que é verdade desaparece num pequeno fragmento e o que é mentira nunca se chega a conhecer o veredito final Tem sido assim desde a Primavera Árabe de 2011 Pode se falar dos muitos jovens que sonhavam em ser jogadores de futebol mas que perderam a vida nessa maldita guerra sem precedentes Pode se falar daqueles jovens cujo sonho ainda persiste Não se consideram refugiados apenas foram obrigados a partir em busca de um futuro melhor Obrigados a abandonar as suas casas para não se perderem entre os escombros Obrigados a correr e nunca olhar para trás com o medo de não conhecerem o amanhã O combate entre o Governo e a oposição não tem forma de parar A ajuda humanitária chega esporadicamente a alguns lugares Milhares de sírios permanecem presos outros nem chegam a porto seguro Apenas desaparecem A oposição fragmentou se os rebeldes lutam uns contra os outros a palavra Al Qaeda está na frente do combate Espera se um milagre Amer não conseguiu esperar No Brasil encontrou um porto seguro Veste a camisola do Guarani sabe de cor todos os passos de Ronaldinho Gaúcho Anas é apenas dois anos mais velho que o seu compatriota escolheu Portugal como esconderijo Lá no Desportivo das Aves já se acostumou aos amigos Ainda recorda a velha Síria quando as cores faziam sentido Hoje predomina o cinzento o fumo as bombas Apaixonado pelo futebol confessa se um admirador de Cristiano Ronaldo mas é em Di María que vê um exemplo a seguir Não trouxe muito na bagagem apenas os sonhos e o pensamento de mudança para um dia mostrar aos sírios que ainda existe esperança A guerra já dura desde março de 2011 na cidade de Deraa depois da prisão de um dos jovens que teve a ousadia de pintar slogans revolucionários no muro da escola durante a Primavera Árabe O dia em que marcou para sempre o Médio Oriente o dia em que a população saiu à rua para protestar contra a má conduta dos ditadores e reivindicar por melhores condições de vida Todos anseiam pelo mesmo a saída do Presidente Assad do poder Mas ele é persistente e não quer sair O país entrou num clima de Guerra Civil são constantes as lutas entre os rebeldes e as tropas governamentais pelo controle das cidades Em 2012 a violência chegou à capital Damasco e à segunda metrópole mais importante do país Aleppo Amer e Anas sobreviveram entre bombas mas alguns dos amigos não tiveram a

    Original URL path: http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=585529 (2016-02-18)
    Open archived version from archive