web-archive-pt.com » PT » A » ADSE.PT

Total: 370

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • ADSE (Ministério da Saúde)
    da ADSE Reembolsos Regime Livre Farmácias Portal da ADSE Legislação Histórico de destaques Atendimento Online Contactos Locais de Atendimento Perguntas Frequentes Downloads e Formulários Mapa do Sítio Ligações Novidades nas tabelas publicadas a 2002 12 03 O montante da comparticipação da ADSE passa a ter como referência a data de prestação do cuidado de saúde ou de aquisição de produtos constantes das tabelas Isto é os cuidados de saúde prestados ou produtos adquiridos são comparticipados de acordo com as tabelas em vigor nessa data Anteriormente o montante da comparticipação era determinado pelas tabelas em vigor na data de processamento da comparticipação pela ADSE Novo limite de 100 consultas por ano civil em consulta médica cirúrgica cód 2401 consulta de psiquiatria cód 2402 e consulta psicológica de grupo ou afim cód 4801 As diárias de internamento passam a ter uma nova regra de comparticipação com os seguintes códigos cód 6001 diária de internamento em clínicas médico cirúrgicas até 6 meses limite de 180 dias por ano civil cód 6005 diária de internamento em clínicas médico cirúrgicas mais de 6 meses limite de 186 dias por ano civil após avaliação clínica e autorização do Director Geral da ADSE Nos tratamentos termais cód

    Original URL path: http://www.adse.pt/page.aspx?IdCat=216&IdMasterCat=4 (2016-01-01)
    Open archived version from archive


  • ADSE (Ministério da Saúde)
    Farmácias Portal da ADSE Legislação Histórico de destaques Atendimento Online Contactos Locais de Atendimento Perguntas Frequentes Downloads e Formulários Mapa do Sítio Ligações Novidades nas tabelas publicadas a 2000 08 14 Ordenação das tabelas Até 1999 a tabela estava ordenada numericamente pelo código do cuidado de saúde Em 2000 a tabela está dividida em modalidades e dentro de cada modalidade segue se uma ordenação alfabética pela designação do cuidado de

    Original URL path: http://www.adse.pt/page.aspx?IdCat=218&IdMasterCat=4 (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • ADSE - Newsletter - 2015-08-17
    Atividade Económica CAE compatível com essa prestação de serviços ou venda de bens de saúde O documento de despesa tem de ser emitido com o NIF do beneficiário O documento de despesa tem de constar no portal da E Fatura Os prestadores e fornecedores de serviços e bens de saúde não podem recusar a colocação do NIF dos beneficiários de acordo com o disposto no n º 16 do artigo 36º do Código do Imposto do Valor Acrescentado CIVA Exemplo 1 Um beneficiário tem Despesas de saúde no E fatura no valor de 1 000 00 cujos documentos não foram enviados para a ADSE para pedir comparticipação Despesas de saúde no E fatura no valor de 800 00 cujos documentos foram enviados para a ADSE para pedir comparticipação e cujo reembolso foi de 200 00 Totaliza assim 1 800 00 no E fatura Dedução de encargos de saúde obtida Documentos com NIF Valor E Fatura não remetido Valor E Fatura remetido Reembolso ADSE Total de despesas dedutíveis Valor dedutível à coleta 15 despesas de saúde 1000 800 200 1800 200 1600 240 Exemplo 2 Um beneficiário tem Despesas de saúde no E fatura no valor de 1 000 00 cujos

    Original URL path: http://www.adse.pt/news/NewsWeb_20150817.html (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • NEWSLETTER ADSE 2015-07-02
    pagamento para depois ser reembolsado paga apenas o valor que lhe é devido e o processo fica concluído sem ter de apresentar mais documentos à ADSE E não se preocupe a ADSE já estabeleceu acordos com os seguintes prestadores AcailGás Linde Saúde Praxair Sonocare e VitalAire Estes acordos tornam o processo mais simples e eficaz e acima de tudo menos oneroso para o beneficiário Os cuidados de saúde em ventiloterapia e oxigenoterapia vão ser excluídos da tabela de comparticipação em regime livre significa isto que deixam de ser reembolsados Novas entidades convencionadas com a ADSE em 2015 Acaíl Gás S A Souto Vila da Feira Barrimagem Serviços de Imagiologia Lda Barreiro C A L Clínica Aparelho Locomotor Sociedade Médicos Lda Ponta Delgada C O A Centro Oftalmológico do Alentejo Estremoz Carlos Manuel Monteiro Serviços Dentários Lda Azambuja Centro de Reabilitação da Ribeira Grande Lda Ribeira Grande Clínica de Reabilitação Atlântico Lda Guimarães Clínica Médica de Saúde Nova Esperança Lda Amarante Clínica Médica Dentária Costa Costa Lda Monção Clínica Médico Dentária Simetria Perfeita Lda Porto CMM Centro Médico da Murtosa Med Física e Reab Lda Murtosa Diamédica Sociedade Médica Lda Lisboa Fisioconvento Clínica de Fisioterapia Lda Mafra Fundação Nossa Senhora do Bom Sucesso Lisboa G H P G Gaiarts Hospital Privado de Gaia S A Gaia Hospitais Senhor do Bonfim S A Vila do Conde Linde Saúde Lda Maia Manuel Pedro S Freitas Cuidados Médicos Lda Câmara de Lobos Praxair Portugal Gases S A Maia Sonocare Lda Condeixa a Nova Vitalaire S A Algés Walk In Clinics Portugal S A Vários locais ADSE Direta à sua espera A ADSE Direta é uma ferramenta disponível em www adse pt criada para aproximar os beneficiários da sua ADSE Para facilitar o acesso à informação e aos processos pode visualizar Os documentos de despesa A que ato cuidado de saúde correspondem os documentos de despesa A que beneficiário pertence cada documento de despesa A data de entrada do documento no sistema de informação de reembolsos Atualizar os seus dados pessoais e obter Declarações de complemento de comparticipação Extratos e fotocópias de documentos Declaração para efeitos de IRS Com as novas funcionalidades introduzidas em 2015 pode ainda consultar Prescrições médicas e relatórios Ofícios sobre reembolsos enviados pela ADSE por correio Limites de utilização dos cuidados de saúde por exemplo as armações e as lentes Saiba mais sobre a ADSE O que é o regime convencionado Na Rede ADSE o beneficiário recorre a entidades não integradas no SNS com as quais a ADSE tem acordos e paga ao prestador a parte do custo fixado na respetiva tabela sendo que a parte do custo fixada como encargo do beneficiário não é objeto de posterior comparticipação por parte da ADSE mas serve para dedução no IRS As importâncias fixadas respetivamente como encargo do beneficiário e da ADSE constam das tabelas disponíveis em www adse pt O que é o regime livre No Regime Livre o beneficiário pode recorrer livremente a qualquer entidade privada sem acordo com a ADSE

    Original URL path: http://www.adse.pt/news/NewsWeb_20150702.html (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • ADSE (Ministério da Saúde)
    a tutela do Ministro da Saúde centros de saúde serviços de atendimento permanente e hospitais que têm como missão garantir o acesso de todos os cidadãos aos cuidados de saúde nos limites dos recursos humanos técnicos e financeiros disponíveis Os beneficiários da ADSE que como tal se identifiquem podem utilizar caso o desejem os serviços integrados no SNS designadamente nas urgências consultas externas e internamento em enfermaria No acesso a cuidados de saúde prestados no âmbito do SNS os beneficiários têm de pagar certas importâncias designadas taxas moderadoras Estas taxas e as respetivas isenções são fixadas por diploma legal Veja área de Prestadores Serviço Nacional de Saúde SNS O recurso às instituições e serviços do SNS encontra se especificamente regulamentado pelo Ministério da Saúde Encontra mais informação no Guia do utente do SNS veja o sítio da Direção Geral da Saúde voltar ao topo O que é o Regime Livre É o regime de acesso a cuidados de saúde em que o beneficiário recorre a prestadores privados sem acordo com a ADSE assumindo a ADSE uma comparticipação sobre os encargos daí decorrentes Neste regime o beneficiário poderá recorrer livremente a qualquer entidade privada sem acordo com a ADSE remetendo depois o original do documento de despesa para comparticipação Este é pago com base na Tabela do Regime Livre publicada em Diário da República II Série Pode descarregar a tabela atualizada de Regime Livre na secção Downloads e Formulários voltar ao topo O que é o Regime Convencionado É o regime de acesso a cuidados de saúde em que o beneficiário recorre a entidades não integradas no SNS com as quais a ADSE tem acordos No acesso a cuidados de saúde prestados por estas entidades o beneficiário paga diretamente ao prestador a parte do custo fixado na respetiva tabela A parte

    Original URL path: http://www.adse.pt/page.aspx?IdCat=188&IdMasterCat=0 (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • ADSE (Ministério da Saúde)
    As modalidades de cuidados de saúde comparticipáveis pela ADSE no regime livre constam das tabelas publicadas no Diário da República veja a secção Comparticipações Pode descarregar as tabelas com as modalidades na secção Downloads e Formulários voltar ao topo Quais são as despesas de saúde não comparticipadas A ADSE não comparticipa nas despesas de saúde resultantes de acidente em serviço ou doença profissional acidente da responsabilidade de terceiro doença ao abrigo do Centro de Diagnóstico Pneumológico ex SLAT A ADSE também não comparticipa em despesas relativas a cuidados de saúde prestados ao utente enquanto beneficiário de outro regime de proteção na doença com taxas moderadoras no Serviço Nacional de Saúde SNS resultantes do recurso a entidades convencionadas com a ADSE resultantes da opção por quarto particular em hospitais oficiais Estas despesas não são comparticipadas pela ADSE mas podem ser deduzidas no IRS pelo que deve solicitar o respetivo recibo à entidade prestadora dos cuidados de saúde Não são atribuídas pela ADSE prestações complementares tais como subsídios de casamento nascimento aleitação funeral educação especial abono de família e pensões voltar ao topo Como deve ser solicitada uma declaração para efeitos de complemento da comparticipação Pode efetuar o pedido da declaração para complemento de comparticipação através do Atendimento Online Veja também Declaração Complemento de Comparticipação voltar ao topo Quem recebe a comparticipação da ADSE A comparticipação da ADSE é paga ao beneficiário titular ou ao representante legal ou voluntário ou ao beneficiário familiar se o requerer e justificar perante a ADSE voltar ao topo Como é efetuada a comparticipação No caso de portadores de cartão Com a sigla A Comparticipação é paga OA SS AC AP AM AA ou OM por transferência bancária devendo para tal indicar o NIB CA pela entidade empregadora RA pelos serviços da R A Açores RM pelos

    Original URL path: http://www.adse.pt/page.aspx?IdCat=189&IdMasterCat=0 (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • ADSE (Ministério da Saúde)
    cuidados de saúde nome e número de beneficiário da ADSE data descrição completa do ato ou cuidado de saúde prestado fundamental Para o pedido de comparticipação ser aceite pode ser necessário anexar ao recibo outros documentos médicos relevantes Por exemplo os recibos de análises e de próteses devem ser acompanhados de prescrição médica receita Veja também Documentos legalmente admissíveis para comparticipação voltar ao topo Onde entrego os recibos Qual a forma mais rápida de o fazer No caso de portadores de cartão Com a sigla Alternativas de entrega de recibos SS ou AC ou OA podem entregar na respetiva entidade empregadora ou nos locais de atendimento da ADSE ou enviar pelo correio AP AM AA ou OM podem entregar nos locais de atendimento da ADSE ou enviar pelo correio CA têm de entregar na respetiva entidade empregadora RA têm de entregar nos serviços da R A Açores RM têm de entregar nos serviços da R A Madeira Qual é a sigla do meu cartão Não perca tempo à espera Na sala de atendimento ao público nos Serviços Centrais da ADSE Alvalade pode colocar os recibos documentos no recetáculo tipo caixa de correio aí existente veja O que devo fazer antes de entregar um recibo Tome nota apenas da data em que os colocou pois não precisa de talão de entrega para eventual reclamação exemplo em caso de atraso ou extravio Para confirmar os dados da ADSE veja Locais de Atendimento voltar ao topo Como enviar recibos pelo correio Antes de enviar um recibo documento pelo correio verifique se constam os elementos identificativos do beneficiário a que reporta o cuidado de saúde conforme consta no cartão nome e número de beneficiário Sugerimos que fotocopie previamente os recibos documentos e que envie os originais por correio registado voltar ao topo O que

    Original URL path: http://www.adse.pt/page.aspx?IdCat=190&IdMasterCat=0 (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • ADSE (Ministério da Saúde)
    O que é o Guia do Diabético Como obter o Guia do Diabético Ver todos os temas disponíveis O que é o Guia do Diabético O Guia do Diabético é um pequeno livro de preenchimento manual O Guia promove a corresponsabilização dos diabéticos no seu tratamento a ligação entre os profissionais nele envolvidos e a melhoria dos cuidados de saúde ao diabético A utilização do Guia facilita sobretudo a troca de informações importantes entre o diabético e a sua equipa de saúde e também com a sua família e todos os que se preocupam com o seu bem estar ajudando o a compreender com maior clareza os objetivos e métodos do seu tratamento O cidadão com diabetes deve fazer se acompanhar permanentemente do referido Guia assegurando se que o mesmo é devidamente preenchido sempre que é observado O Guia contém registos atualizados dos dados de observação problemas de saúde medicamentos necessários objetivos anuais de tratamento exames e seus resultados realizados em cada trimestre Em Portugal o Guia do Diabético é adotado por diabéticos médicos enfermeiros e farmacêuticos voltar ao topo Como obter o Guia do Diabético O Guia do Diabético é gratuito e deve ser pedido no Centro de Saúde

    Original URL path: http://www.adse.pt/page.aspx?IdCat=191&IdMasterCat=0 (2016-01-01)
    Open archived version from archive