web-archive-pt.com » PT » C » CIENCIAVIVA.PT

Total: 346

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • Escola Ciência Viva - Histórico
    fontes primárias sejam elas solar eólica ou energias fósseis têm de ser transformadas em energias úteis ou secundárias como eletricidade gás gasóleo ou gasolina Este foi o mote para uma viagem ao mundo dos combustíveis fósseis num percurso que começou nas refinarias passou pelo processo de localização e extração de petróleo e terminou no seu transporte até ao local de onde partem para a distribuição No final deixou a sua

    Original URL path: http://www.escola.cienciaviva.pt/Actividades/2013_14/Investigador/FerreiraOliveira.asp (2016-01-01)
    Open archived version from archive


  • Escola Ciência Viva - Histórico
    experiência como botânico onde não faltaram histórias da sua vida os alunos ficaram a saber o que acontece às plantas quando chove que há folhas que sabem nadar e que outras podem boiar Para mostrar tudo isso e muito mais o professor Catarino trouxe algumas plantas do seu quintal mas o que intrigou e espantou mais os alunos foi ficar a saber que a água afinal tem pele EB1 Arquiteto

    Original URL path: http://www.escola.cienciaviva.pt/Actividades/2013_14/Investigador/catarino.asp (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • Escola Ciência Viva - Histórico
    ficámos a saber que um bom cientista pode gostar de outras áreas uma das grandes paixões de Carlota Simões por exemplo é a música Um dos problemas que a matemática Carlota Simões nos mostrou foi este Que dia é hoje 24 01 2014 O que tem de especial este número Comparem o ano com os meses e dias Viram que conseguimos escrever o ano de 2014 com os 4 primeiros

    Original URL path: http://www.escola.cienciaviva.pt/Actividades/2013_14/Investigador/CarlotaSimoes.asp (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • Escola Ciência Viva - Histórico
    alguns já extintos outros que ainda existem Nesta jornada os alunos aprenderam que os animais têm diferentes regimes alimentares e as formas que eles usam para se protegerem de predadores como a camuflagem No final da sessão os pequenos cientistas entrevistaram Nuno Ferrand e ficaram a saber que o seu animal preferido é o coelho e o local onde mais gosta de trabalhar em Portugal é no Alentejo EB1 S

    Original URL path: http://www.escola.cienciaviva.pt/Actividades/2013_14/Investigador/NunoFerrand.asp (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • Escola Ciência Viva - Histórico
    de um médico começa com uma investigação clínica que consiste numa série de perguntas para saber de que é que o doente se queixa e num exame clínico Quando esta fase não permite descobrir logo a causa do problema passa se a uma investigação laboratorial A pediatra trouxe alguns instrumentos e materiais que são usados para fazer análises e mostrou diapositivos do trabalho no laboratório No final da sessão todos

    Original URL path: http://www.escola.cienciaviva.pt/Actividades/2013_14/Investigador/MariaCeuMachado.asp (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • Escola Ciência Viva - Histórico
    negativos os cientistas que participam nestas expedições têm de ter muito cuidado para se protegerem do frio José Xavier trouxe a roupa que costuma usar na Antártida MUITAS camadas de roupa mostrou vídeos e fotografias de pinguins e albatrozes disse o que é os pinguins comem lulas chocos polvos peixe exemplificou como é que se agarra um pinguim é por cima das asas contou o que é que os pinguins

    Original URL path: http://www.escola.cienciaviva.pt/Actividades/2013_14/Investigador/JoseXavier.asp (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • Escola Ciência Viva - Histórico
    bem mais rápida do que uma ida para a escola tendo uma duração de apenas 8 5 minutos embora seja uma viagem muito atribulada No espaço como não há gravidade não há chão nem teto não há cima nem baixo esclareceu o astronauta enquanto mostrava uma imagem elucidativa da situação Também não é possível andar como fazemos habitualmente pois parece que estamos a flutuar Para nos deslocarmos temos que nos agarrar a qualquer coisa fixa e puxar o corpo Se não o fizermos podem ocorrer acidentes ou sermos projetados contra a parede acrescentou Paolo Nespoli À pergunta de se conheceu algum extraterrestre respondeu que visto que ele e mais cinco colegas viveram fora do planeta Terra durante 6 meses todos eles eram extraterrestres Quando questionado sobre o seu maior susto quando foi para o espaço respondeu que o receio de danificar algum dos equipamentos necessários nas experiências realizadas ou na reparação manutenção da nave inviabilizassem ou condicionassem toda uma experiência considerando que não era possível substituí los e que na mesma foram investidos milhões de dólares e anos de trabalho de uma grande equipa A curiosidade dos participantes era tanta que até perguntaram como é que os astronautas fazem as

    Original URL path: http://www.escola.cienciaviva.pt/Actividades/2013_14/Investigador/PaoloNespoli.asp (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • Escola Ciência Viva - Histórico
    do Conhecimento José Francisco Rodrigues da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa explicou como esta ciência está presente no nosso dia a dia e quão determinante foi na grande epopeia dos Descobrimentos Os alunos da Escola Ciência Viva ficaram a saber quase tanto de latitude longitude e linhas de rumo como os bravos marinheiros de outrora EB1 Pintor Almada Negreiros e EB1 Parque das Nações Como imagino o investigador

    Original URL path: http://www.escola.cienciaviva.pt/Actividades/2013_14/Investigador/JoseFrancisco.asp (2016-01-01)
    Open archived version from archive



  •