web-archive-pt.com » PT » E » EMEPC.PT

Total: 680

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • 27º Dia – 12 de Julho – Trânsito entre Funchal e Ponta Delgada
    as nossas actividades e fazer outras coisas Estou a aprender muito José Gomes Estou a gostar muito Gosto de vela e aqui tenho outra ideia de velejar O que é que já aprenderam José Gomes Já aprendi os diferentes tipos de vela e como trabalhar em grupo No fundo somos uma comunidade que existe dentro do navio e temos de nos organizar para viver bem juntos Maria Ravara Já aprendi as regras básicas da vela como mexer no leme e como se vive dentro de um navio Do que é que gostaram mais da vossa passagem pelo Creoula Maria Ravara Do pão com chouriço à meia noite José Gomes O que eu gostei mais foi de estar na ponte e no leme Se pudessem o que é que mudariam na vossa experiência José Gomes Nada Se tentássemos mudar as coisas não ia haver o mesmo espírito e vivência a bordo Maria Ravara Gosto imenso de estar aqui mas se mudasse alguma coisa era a altura das camas porque quando acordo bato sempre com a cabeça Fazem o trânsito entre Funchal e Ponta Delgada Gostavam de ficar mais tempo a bordo Maria Ravara Gostava de ir até Lisboa ou pelo menos até às Formigas José Gomes Eu também Adorava ficar até Lisboa E eram capazes de voltar a fazer uma viagem deste género José Gomes Faço parte da Aporvela e vou tentar repetir a experiência já em Setembro Maria Ravara Eu também repetia Acham que devia ser dada outra relevância ao Mar no nosso país Maria Ravara Sim acho que os portugueses deviam continuar com a tradição de explorar os mares José Gomes Temos uma história muito relacionada com o Mar e somos conhecidos como navegadores por isso acho que devíamos preservar mais os nossos navios e desenvolver mais a Marinha

    Original URL path: http://www.emepc.pt/pt/campanhas-emepc-m-rbis/campanha-2011/diario-de-bordo/195-27-dia-12-de-julho-trnsito-entre-funchal-e-ponta-delgada (2016-02-18)
    Open archived version from archive


  • Diário de Bordo
    que esteve em Ponta Delgada no ano passado O que é que os motivou a participar na Campanha EMAM PEPC M rBis 2011 Foi o desafio de vir para o Mar mais uma vez Este é o décimo aniversário dos Escuteiros Marítimos de Ponta Delgada e havendo a possibilidade de embarcar a bordo do Creoula um navio português era de aproveitar Até agora a experiência tem correspondido às expectativas Completamente Os escuteiros estão muito felizes e entusiasmados com a viagem Pessoalmente gosto muito de estar no Mar ainda para mais num navio mítico da marinha portuguesa como é o Creoula Por outro lado é importante para os escuteiros perceberem como é que se faz ciência e desmistificarem um pouco a ideia do cientista como a pessoa que está sempre metida dentro de um gabinete Também acho muito importante para jovens com esta idade participarem em todos os trabalhos do dia a dia do navio Este tipo de actividades é muito enriquecedora para qualquer pessoa que aqui embarque É o conhecimento aliado ao prazer e à descoberta Que importância atribui a este tipo de campanhas ligadas ao conhecimento do Mar A ilha de São Miguel está rodeada de Mar por todos os lados portanto tudo o que diga respeito a Mar diz respeito a todos nós O nosso vizinho é o Mar 25º Dia 10 de Julho Trânsito entre Funchal e Ponta Delgada Imprimir Email URL Tweet URL Depois de na véspera ter ditado um início de trânsito complicado e estado na origem de muitos enjoos o vento deu algumas tréguas ao Creoula O tempo esteve bem mais aprazível o dia foi solarengo e a viagem muito mais estável Para a recém chegada tripulação houve algumas actividades dignas de registo que serviram como forma de entretenimento para ocupar o tempo Em primeiro lugar a guarnição fez mais uma simulação do Homem ao Mar O objectivo passava não só por mostrar à tripulação os mecanismos a adoptar nesta eventualidade mas também servir de treino à própria guarnição que deve ser capaz de responder com eficácia a esta situação Foi também novamente disponibilizado um pequeno workshop de nós para testar a destreza dos jovens tripulantes Tal como sucedera na última vez que se tinha feito este exercício alguns tripulantes espantaram pela facilidade com que apanharam o jeito aos nós De resto destaca se ainda o bom espírito musical trazido para o Creoula pelos novos tripulantes que munidos de guitarras contribuíram para uma tarde bem animada no convés do navio E para o dia ser mesmo perfeito ainda houve avistamentos de vários golfinhos que vieram dar saltos bem perto do Creoula 24º Dia 9 de Julho Trânsito entre Funchal e Ponta Delgada Imprimir Email URL Tweet URL A Campanha EMAM PEPC M rBis 2011 dá início a uma nova fase Terminadas as investigações no arquipélago da Madeira o Creoula começou hoje a viagem em direcção aos Açores onde irá atracar em Ponta Delgada Ao todo serão cerca de cinco dias de trânsito entre as duas regiões autónomas do território português O dia ficou marcado por grandes alterações na tripulação do Creoula Muitos cientistas e mergulhadores terminaram no Funchal a sua participação na Campanha enquanto outros voltarão a embarcar já nos Açores A média de idades da tripulação é agora bem mais reduzida com a entrada de um grupo pertencente aos Escuteiros Marítimos de Ponta Delgada e ainda de nove alunos do Colégio St Julian s de Carcavelos Tratam se dos vencedores do 2 º Concurso Nacional Kit do Mar que se encontram no Creoula a desfrutar do prémio conquistado pelo 1º lugar no concurso O início do trânsito entre Madeira e Açores foi acompanhado por muito vento que fez o navio balançar muito Nesse aspecto talvez tenha sido o pior dia da expedição até ao momento Nada melhor para ambientar o novo grupo 23º Dia 8 de Julho Atracado no Funchal Imprimir Email URL Tweet URL Faces do Creoula Quem é Margarida André Zoccoli professora de Ciências 3º Ciclo no Centro de Educação e Desenvolvimento de Nossa Senhora da Conceição da Casa Pia de Lisboa É uma de duas professoras presentes na Campanha EMAM PEPC M rBis 2011 ao abrigo do programa Professores a Bordo Percurso 30 de Junho a 9 de Julho Funchal e Porto Santo Integrou a equipa do intertidal O que é que a levou a participar no programa Professores a Bordo Já tinha conhecimento do programa desde o ano passado Na altura não participei por ser um período muito longo impossível de conciliar com o horário escolar Este ano concorri com uma turma do 8º ano ao Concurso Nacional Kit do Mar com o projeto curricular de turma que já vem desde o 7º ano chamado A Grande Travessia e que representa a travessia dos alunos pela adolescência Temos feito analogias entre as grandes travessias marítimas e as travessias pessoais de cada um deles Pensamos na turma como um barco e tentamos utilizar a linguagem da navegação Por exemplo fazer opções e tomar decisões é o processo de conhecer as ilhas que se atravessam no nosso Mar Cada aluno está também a escrever o seu diário de bordo pessoal É portanto um projeto a que temos associado uma grande ligação ao Mar Tudo o que sejam travessias e vida a bordo interessa nos e para mim como professora embarcar nesta Campanha era uma oportunidade fantástica É a primeira vez que embarca numa expedição com estas características Sim Já tinha trabalhado antes com investigadores enquanto serviço educativo mas aqui fui incluída como um membro das equipas científicas e não me limitava a assistir ao trabalho Não estive a brincar aos cientistas mas a fazer um trabalho sério com a consciência de que se me enganar estou a estragar o trabalho de alguém O que é que está a achar da experiência até agora Fabulosa Já vinha com as expectativas muito altas mas tem excedido largamente o que pensava As equipas funcionaram muito bem e tenho até dificuldades em encontrar aspectos menos

    Original URL path: http://www.emepc.pt/pt/campanhas-emepc-m-rbis/campanha-2011/diario-de-bordo?start=10 (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • Diário de Bordo
    no laboratório as fichas de registo do intertidal são preenchidas com o tipo de amostragem Corer tipo de substrato AR de areia Agora é hora de arrumar as amostras os materiais e as trouxas Mas Cristina e Margarida ainda têm mais uma tarefa a cumprir Agarram se aos portáteis concentradas seleccionam fotografias e escrevem os registos diários para publicar no Blog antes de entrarem no Creoula onde a comunicação com o exterior do navio é quase nula 17º Dia 2 de Julho Fundeado na Reserva Natural do Garajau Madeira Imprimir Email URL Tweet URL Faces do Creoula Quem é José Tourais coordenador da equipa de segurança de mergulho da Campanha EMAM PEPC M rBis 2011 Percurso Funchal Ponta Delgada Há quanto tempo está ligado ao mergulho Comecei a praticar de forma amadora em 1976 e assim continuei até meados dos anos 80 A partir dessa altura fiz o curso de instrutor e em 1989 trouxe para Portugal um modelo profissional que teve bastante sucesso e que é hoje a principal instituição de mergulho a trabalhar no nosso país PADI Como é que surgiu o seu interesse pelo mergulho Tive a oportunidade circunstancial de ver uns mergulhadores profissionais Era novo tive curiosidade e andei sempre atrás deles a fazer perguntas Até que me perguntaram se queria experimentar O meu pai deixou eu experimentei e gostei muito Como é que convenceria alguém a experimentar esta actividade Acho que há dois factores que mexem com as pessoas Um está relacionado com a natureza a fauna as cores os peixes É a oportunidade de ver coisas que só costumamos ver nos livros O outro factor de atracção é aquilo a que Jacques Cousteau chamou o mundo do silêncio uma sensação única de estar sem gravidade e de poder contemplar e ouvir calmamente a natureza É algo que só os mergulhadores podem vivenciar Como é que têm corrido os mergulhos da Campanha EMAM PEPC M rBis 2011 até agora Têm corrido bem Nas Desertas tivemos mergulhos estimulantes porque sentimos que as pessoas tinham curiosidade em fazer o seu trabalho numa área ainda pouco trabalhada Na Madeira as zonas de mergulho já são mais conhecidas mas serviram como um bom treino para as equipas que acabam por funcionar melhor à medida que vão ganhando entrosamento e se vão preparando para situações mais exigentes como será o caso das Formigas ou da área a norte de Porto Santo O que espera dos mergulhos que ainda faltam realizar A parte sul de Porto Santo é fácil com situações previsíveis Já a zona norte é um pouco mais complicada principalmente devido às correntes Mas se treinarmos bem temos todas as condições para que tudo corra pelo melhor Ao longo da Campanha tem encontrado algum tipo de problemas nos mergulhos Apenas problemas circunstanciais Fomos resolvendo tudo logo de início e tudo se tem desenvolvido sem problemas de maior Que principais recomendações é que costuma fazer aos seus mergulhadores Acima de tudo o importante é utilizar toda a nossa experiência e trabalhar em uníssono para cumprir os objectivos do projeto Temos que vestir a camisola da Campanha e trabalhar nesse sentido E para que isso aconteça é extremamente importante que não haja o mínimo percalço Conversei com os mergulhadores no sentido de fazermos um tipo de mergulho pacífico seguro e pouco arriscado de modo a que ninguém tenha acidentes e para que se leve a bom porto o nosso trabalho Como é que esta Campanha se compara a outras expedições científicas onde já esteve envolvido Só por si o Projeto M rBis tem um interesse enorme para a Ciência e para esta comunidade de biólogos uma vez que graças às novas tecnologias todos podem ter acesso a dados extremamente interessantes Acho também relevante que esta campanha represente para a juventude e para a comunidade científica uma oportunidade de trocar experiências e de participar em iniciativas práticas Para os mais jovens é uma grande mais valia pois ganham o bichinho da investigação e podem vir a desenvolver no futuro projetos muito interessantes Acha que há algum aspecto a melhorar em Campanhas futuras É verdade que não estamos num navio oceanográfico nem num centro de mergulho mas certamente que é melhor do que estar em Lisboa a mexer nos livros A capacidade de nos adaptarmos às circunstâncias é fundamental e é isso que temos feito Os mergulhos têm decorrido bem e esperemos que assim continue Mas pessoalmente acho que o Creoula com todo o seu carisma vai ficar ligado às campanhas científicas Que importância atribui a este tipo de campanhas ligadas ao conhecimento do Mar O futuro de Portugal passa pelo Mar Somos a porta da Europa temos uma costa enorme e imensos recursos para gerir Claro que o país tem as suas dificuldades a vários níveis mas temos que as superar e no futuro a aposta passará certamente pelo Mar 16º Dia 1 de Julho Fundeado na Reserva Natural do Garajau Madeira Imprimir Email URL Tweet URL Enquanto em terra se festejava o Dia da Madeira no Mar os mergulhadores da Campanha EMAM PEPC M rBis 2011 procuravam novas espécies para avistar O segundo dia na Reserva Natural do Garajau teve como principal novidade uma sessão de mergulhos realizados durante a noite Ainda que para os mergulhadores o trabalho nocturno implique outro tipo de desafios o verdadeiro interesse desta sessão de mergulhos prende se com o aparecimento de uma fauna animal bem diferente da que habitualmente se vislumbra durante o dia Muitos dos peixes avistados em horários diurnos encontram se a dormir enquanto outros animais que de dia costumam ficar dentro de grutas aparecem agora fora delas É o caso das raias e particularmente dos camarões Neste mergulho avistaram se centenas de camarões de várias espécies perfazendo um espectáculo visual muito interessante Primeira e segunda fotografias cedidas por Arturo Boyra 15º Dia 30 de Junho Fundeado na Reserva Natural do Garajau Madeira Imprimir Email URL Tweet URL No dia em que o arquipélago das Berlengas foi considerado Reserva Mundial da Biosfera a

    Original URL path: http://www.emepc.pt/pt/campanhas-emepc-m-rbis/campanha-2011/diario-de-bordo?start=20 (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • Diário de Bordo
    o mestrado em Biologia Marinha Interessei me logo porque me pareceu uma oportunidade interessante de conhecer pessoas ligadas à EMAM Já tinha conhecimento da actividade da Estrutura através de reportagens na televisão e fiquei impressionado não só pela competência que o trabalho exige mas também pelos meios de que dispõem Não estava consciente dos recursos interessantíssimos que possuem e vi aqui a oportunidade para aplicar as nossas tecnologias em projetos de engenharia e tecnologia que a EMAM venha a realizar Tem alguma sugestão no sentido de melhorar campanhas futuras É difícil de responder porque não vou acompanhar a parte mais científica da missão Mas é do meu interesse vir a acompanhar missões da EMAM numa fase mais técnica Para já só posso dizer bem O ambiente é fantástico e tenho conhecido gente interessantíssima Fazer amigos conhecer pessoas e saber o que andam a fazer é sempre uma mais valia importante para podermos projetar o futuro Que importância atribui a este tipo de campanhas relativas ao conhecimento do Mar Só quem não tem uma visão de futuro é que pode desprezar o potencial que aqui temos Se olharmos para o globo e para o espaço atlântico percebemos que Portugal não é um país periférico e temos de aproveitar esse posicionamento geográfico e os nossos recursos para voltar a tirar partido do Mar Na nossa história fizemo lo com conhecimento investigação e ambição Julgo que estamos a viver uma segunda oportunidade que é a de olhar para o Mar com temas novos como o são a energia offshore e a exploração dos recursos marinhos O Mar é um tema que nos deve apaixonar e mobilizar mas não apenas com o intuito de gerar conhecimento É também necessário gerar riqueza numa economia do Mar que possa ajudar o país a sair da situação crítica em que se encontra Concorda que o Mar representa uma grande oportunidade para Portugal É certamente uma das maiores A energia é um dos grandes desafios que o planeta tem para resolver nos próximos anos e o Mar tem recursos infinitos de energia que estão numa fase tecnológica muito embrionária Seria bom que Portugal se posicionasse numa fase onde ainda está tudo por fazer para poder vir a ter alguma afirmação tecnológica Temos um défice tecnológico nalgumas áreas e seguimos o caminho mais fácil o de comprar feito Acho que é altura de inverter esta situação Temos de deixar de ser um país importador de tecnologia e passar a criar e exportar a nossa tecnologia Que balanço faz do Fórum do Mar O Fórum do Mar foi um enorme desafio Perguntava se se haveria condições para lançar um evento na área do Mar Decidimos arriscar e o balanço é muito positivo Constatei com muita satisfação que houve uma excelente representação científica e universitária Do lado das empresas julgo que se pode fazer bastante melhor e o desafio passa por realizar no próximo ano uma feira com outra dimensão que possa envolver mais o sector económico Seria também interessante abranger a zona da Galiza que tem um imenso tecido económico nesta área 5º Dia 20 de Junho Trânsito para o Funchal Imprimir Email URL Tweet URL Cinema É verdade uma sessão de cinema a bordo do Creoula Foi já depois do jantar que tripulantes e guarnição tiveram a oportunidade de assistir a um documentário da National Geographic sobre os navios bacalhoeiros portugueses e as perigosas e extensas campanhas em que se aventuravam O filme foi projectado numa das velas do navio e deu a conhecer as difíceis condições em que viviam os corajosos que arriscavam a pele nestas campanhas de seis meses Não foi a única novidade deste segundo dia de trânsito entre Leixões e o Funchal É certo que o trabalho científico de campo ainda não começou mas a bordo do Creoula já se fazem os últimos preparativos Hoje grande parte do dia foi passado a coser as redes que serão anexadas às sugadoras dos mergulhadores e que vão permitir conter as amostras recolhidas Foi uma actividade muito concorrida e que contou com a participação de muitos tripulantes 4º Dia 19 de Junho Trânsito para o Funchal Imprimir Email URL Tweet URL Num dia em que começa o trânsito entre o Porto de Leixões e o Funchal falámos como o Capitão de Fragata Nuno Cornélio da Silva Comandante do Creoula desde Fevereiro do ano passado e que recebe pelo segundo ano consecutivo uma expedição científica da EMAM A Campanha tem decorrido de acordo com as suas expectativas ou já surgiu alguma situação fora do planeado À semelhança do ano passado a Campanha está a correr lindamente Não houve quaisquer problemas de relevância Do que ainda falta desta expedição prevê que possam surgir algumas dificuldades ao nível das condições do Mar O estado do Mar é sempre um imprevisto mas não contamos que nesta época do ano aconteçam circunstâncias muito adversas De qualquer forma é sempre uma possibilidade e caso isso aconteça e condicione os objectivos da Campanha teremos de equacionar alternativas Como é que tem sido o comportamento da tripulação Impecável como sempre Tal como no ano passado são todos muito colaborativos dinâmicos e interessados É um prazer tê los a bordo Há alguma recomendação que queira deixar à tripulação para o que resta da Campanha Apenas a continuação do esforço para que tudo corra bem É necessário manter uma atitude colaborante compreensiva tolerante e responsável sempre com a segurança em primeiro plano Quais as principais diferenças entre estas expedições científicas e as restantes missões do Creoula Este ano optámos por chamar tripulação e não instruendos às pessoas que vêm pela EMAM precisamente porque são de uma idade mais elevada do que é costume A tripulação é constituída por pessoas com níveis académicos bastante elevados e portanto as características acabam por ser um pouco diferentes embora façam exactamente as mesmas funções Qual foi a situação mais difícil que passou no Creoula A chegada da missão da EMAM no ano passado não foi muito confortável face às condições de Mar

    Original URL path: http://www.emepc.pt/pt/campanhas-emepc-m-rbis/campanha-2011/diario-de-bordo?start=30 (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • Diário de Bordo
    semana do início da expedição o Creoula foi abastecido com grande parte dos materiais e equipamentos necessários para levar a bom porto os projetos científicos que a EMAM pretende realizar nesta campanha E neste carregamento surgiu o primeiro contra tempo uma arca frigorífica revelou se demasiado larga para passar entre as portas que dão acesso ao interior do navio Esta arca constitui um equipamento indispensável visto que será utilizada para armazenar as amostras biológicas recolhidas durante a expedição Para já no entanto vai ficar no convés até se encontrar uma solução o que deverá acontecer até ao início da campanha Entretanto teve lugar nas instalações da EMAM uma reunião preparatória com alguns dos voluntários que irão integrar a expedição Apresentaram se os principais objectivos da campanha deram se conselhos práticos esclareceram se dúvidas e explicaram se algumas dinâmicas da vida a bordo A partida da base naval do Alfeite está agendada para 16 de Junho ao final da tarde O regresso após 40 dias no Mar será a 25 de Julho Uma aventura com passagem pelo norte do país Matosinhos arquipélago da Madeira Funchal Porto Santo e Desertas e Açores Ponta Delgada e Formigas Fique ligado Pág 5 de 5 Início Anterior 1 2 3 4 5 Seguinte Fim FaLang translation system by Faboba M rBis O Projeto M rBis Biodiversidade Marinha de Portugal Campanhas EMEPC M rBis Campanha 2015 A Campanha Organizadores Instituições Participantes Projetos a Bordo Diário de Bordo Equipa Conferências a Bordo Notícias Campanha 2014 Anúncio Organizadores Participantes Projetos a Bordo Fauna e Flora Diário de Bordo Faces do Creoula Conferências de Bordo Notícias Galeria de imagens Apoio Campanha 2013 Organizadores Participantes Projetos convidados Diário de Bordo Faces do Creoula Fauna e Flora Notícias Apoios Galeria de imagens Campanha 2012 Organizadores Entidades participantes Descrição Diário de Bordo

    Original URL path: http://www.emepc.pt/pt/campanhas-emepc-m-rbis/campanha-2011/diario-de-bordo?start=40 (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • Diário de Bordo
    no dizer de alguns elementos da guarnição continuam o seu trabalho de análise e identificação das fotografias obtidas nos mergulhos da Campanha e de introdução de dados no M rBis Ao longo do dia intensificaram se as visitas à ponte para consulta do ECDIS Ainda há muito para navegar mas começa a ser cada vez mais certo que chegaremos a Lisboa amanhã ao cair da noite 36º Dia 21 de Julho Trânsito Ponta Delgada Lisboa Imprimir Email URL Tweet URL As condições de mar e vento têm piorado consistentemente A ondulação atinge já os dois metros e meio de través o vento de nordeste cresceu significativamente e o céu permanece encoberto de um cinzento carregado A experimentada guarnição do Creoula comenta que apesar de se estar já em finais de Julho parece estarmos na presença de um mar de inverno É já claro que a previsão meteorológica se vai concretizar em pleno Nota se uma diminuição no número de tripulantes presentes no convés vítimas de enjoo ou de sonolência que é uma das reacções típicas ao mar agitado por parte de quem não enjoa facilmente Mas também é já claro que o Creoula atingirá o seu destino antes do dia planeado No rumo constante para leste que tem mantido o navio avançou cerca de 4 graus de longitude nas últimas 24 horas o que à latitude de 38ºN em que ocorre a navegação corresponde a uma velocidade média de 7 8 nós muito acima da média habitual Alguns elementos da guarnição e da tripulação vêm à ponte consultar o monitor do ECDIS a carta electrónica de navegação que para além de indicar a posição e a velocidade do navio dá entre outros parâmetros a distância a percorrer até ao destino e o respectivo ETA hora estimada de chegada 35º Dia 20 de Julho Trânsito Ponta Delgada Lisboa Imprimir Email URL Tweet URL Ao final do dia anterior as extensões das velas foram arreadas por forma a proporcionar uma navegação mais tranquila durante a noite tendo a velocidade do Creoula descido para cerca de 7 nós um valor ainda considerável Como previsto as condições de mar agravaram se provocando alguns casos pontuais de enjôo por parte da Tripulação mas nada de preocupante Os Escuteiros Marítimos têm desempenhado de forma exemplar as suas funções de apoio à guarnição do navio nas funções de bordo Por outro lado os Escuteiros Marítmos que não estão de quarto juntam se a meio navio tocando as suas guitarras e animando com a sua boa disposição tanto a Guarnição como a Tripulação do Creoula A equipa de cientistas da EMAM continuou os seus trabalhos de análise e identificação do registo fotográfico obtido e de introdução de dados no M rBis 34º Dia 19 de Julho Trânsito Ponta Delgada Lisboa Imprimir Email URL Tweet URL Como planeado o Creoula largou do porto de Ponta Delgada às nove e meia da manhã navegando para leste ao longo da Ilha de São Miguel Ao sair da zona abrigada proporcionada pela

    Original URL path: http://www.emepc.pt/pt/campanhas-emepc-m-rbis/campanha-2011/diario-de-bordo?chronoform=Contactos&event=submit (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • Posição N.T.M. Creoula
    Facebook Notícias Canal Media Fundo do Mar Português Próximos Eventos Datas Comemorativas Exposição Imagens Mapa Portugal é Mar Dados Amostras Política de Dados Formulários Nº de dados cedidos Tipos de dados cedidos Entidades de cedência de dados Nacionalidade dos pedidos de dados Informação Institucional Carta de Missão Diploma legal EMEPC Pagamento a fornecedores QUAR Mapa de Pessoal Subdelegação de competências Desempenho EMEPC Concursos Contactos Campanha 2015 Campanha 2014 Campanha 2013 Campanha 2012 Campanha 2011 Campanha 2010 Posição do N T M Creoula Posição NTM Creoula Imprimir Email URL Tweet URL FaLang translation system by Faboba M rBis O Projeto M rBis Biodiversidade Marinha de Portugal Campanhas EMEPC M rBis Campanha 2015 A Campanha Organizadores Instituições Participantes Projetos a Bordo Diário de Bordo Equipa Conferências a Bordo Notícias Campanha 2014 Anúncio Organizadores Participantes Projetos a Bordo Fauna e Flora Diário de Bordo Faces do Creoula Conferências de Bordo Notícias Galeria de imagens Apoio Campanha 2013 Organizadores Participantes Projetos convidados Diário de Bordo Faces do Creoula Fauna e Flora Notícias Apoios Galeria de imagens Campanha 2012 Organizadores Entidades participantes Descrição Diário de Bordo Faces do Creoula Faces do Kit Fauna e Flora Ponto da Situação Avisos aos Participantes Anúncio Campanha 2011 EMAM PEPC M rBis 2011 Descrição Organizadores Participantes Ponto da Situação Diário de Bordo Posição N T M Creoula Faces do Creoula Agenda Imprensa Campanha 2010 Objetivos Participantes Patrocinadores Diário de Bordo Fauna e Flora Notícias Visualizador M rBis Publicações BioMar PT Equipa DESTAQUES Conheça o Projeto de Extensão Fique a conhecer o Projeto de Extensão da Plataf ler Livro EMEPC O livro Extensão da Plataforma Continental Um Pr ler CURSO Sistemas de Informação de Biodiversidade Marinha No âmbito do Projecto Aprender e conhecer o ambie ler VER MAIS Contactos Receba as nossas notícias Nome Email Escolha a s área s

    Original URL path: http://www.emepc.pt/pt/campanhas-emepc-m-rbis/campanha-2011/posicao-n-t-m-creoula?chronoform=Contactos&event=submit (2016-02-18)
    Open archived version from archive

  • Kit do Mar - Professora Dina Dias
    cientifica Qual é a sua área de interesse e de que modo esta se enquadra nesta Campanha Sou professora de Biologia e Geologia da Escola Secundária da Baixa da Banheira Sempre orientei a minha actividade educativa no sentido do trabalho de campo e da educação para uma gestão sustentável dos recursos naturais sendo que nos últimos anos dei especial atenção às temáticas ligadas às praias e ao mar Neste sentido surgiu a ideia de construir na escola um grande aquário de água salgada recriando o ecossistema da zona intertidal portuguesa E foi com a implementação deste trabalho que viemos a concorrer e a receber o primeiro prémio do Concurso do Kit do Mar 2012 Do seu ponto de vista quais são as principais mais valias a médio e longo prazo desta Campanha Considero que os resultados desta campanha serão muito importantes para o futuro Por um lado para o conhecimento e adequada gestão dos recursos marinhos do nosso país Por outro lado penso que é um exemplo do que será e deverá ser a relação cooperante entre instituições organizações e profissionais de diferentes áreas Tenciona continuar a colaborar em iniciativas deste género Porquê Sim tenciono continuar porque é minha convicção

    Original URL path: http://www.emepc.pt/pt/campanhas-emepc-m-rbis/campanha-2011/faces-do-creoula/306-kit-do-mar-professora-dina-dias9?tmpl=component&print=1&layout=default&page= (2016-02-18)
    Open archived version from archive