web-archive-pt.com » PT » P » PAVCONHECIMENTO.PT

Total: 975

Choose link from "Titles, links and description words view":

Or switch to "Titles and links view".
  • Pavilhão do Conhecimento
    Activities Centro de formação Roteiro Científico Club Shop Bookshop Cafetaria Ciência Viva Centers Projects Highlights Na imprensa Versão Portuguesa módulos Arruma na Caixa Vê Faz Aprende 1ª parte Vê e faz Arruma todos os pacotes na caixa sem deixar nenhum de fora O que acontece Cada nível de blocos tem nove pacotes Só um dos tipos de bloco existe em número ímpar e cada um destes blocos deve ocupar um

    Original URL path: http://www2.pavconhecimento.pt/exposicoes/modulos/index.asp?accao=showmodulo&id_exp_modulo=138&id_exposicao=6 (2016-01-01)
    Open archived version from archive


  • Pavilhão do Conhecimento
    flui Quando fazes girar a abóbada o líquido azul que se encontra por baixo começa a deslocar se Há no fluído cristais de mica pequenos e brilhantes tal e qual como em alguns champôs que permitem observar como ele se desloca O fluxo entre dois hemisférios a girar é muito complicado Quando começas a girar a abóbada o fluído no fundo no equador segue pelo círculo maior o que significa que se move mais depressa Dá se o súbito estabelecimento dum fluxo turbulento que se inicia no equador e se espalha para cima em direcção ao pólo Pensa turbulento como uma multidão desordenada e imprevisível O movimento turbulento é normal para os fluidos É difícil produzir e manter um fluxo ordenado para isso é preciso manter baixa a velocidade O fluído que estás a observar comporta se um pouco como a atmosfera do planeta Júpiter Os planetas rodam em torno dos seus eixos pelo que as respectivas atmosferas são arrastadas por este movimento de rotação Também estão a ser aquecidas pelo sol e em alguns casos por baixo É esta combinação de rotação e aquecimento que faz mover a atmosfera dum planeta As fotografias dos planetas incluindo a Terra tiradas a intervalos regulares a partir de sondas espaciais mostram que as suas atmosferas são violentas e turbulentas O melhor exemplo é Júpiter que tem um diâmetro doze vezes maior que o da Terra e dá uma volta completa em cada dez horas A respectiva atmosfera move se em bandas a diferentes velocidades entre o equador e os pólos com remoinhos caóticos entre as bandas O maior destes é o grande ponto vermelho um remoinho maior que a Terra que tem sido observado em Júpiter nos últimos 300 anos desde que os telescópios são suficientemente potentes para o efeito Coisas que

    Original URL path: http://www2.pavconhecimento.pt/exposicoes/modulos/index.asp?accao=showmodulo&id_exp_modulo=139&id_exposicao=6 (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • Pavilhão do Conhecimento
    ar quente em vez de frio 2 O balão é feito de um material leve Um conjunto de imanes mantém o balão em posição atraindo um fino anel de aço em volta do fundo do balão 3 Quando primes o botão vermelho o ar é aquecido e o balão enche se de ar quente Sabes que o ar se dilata quando o aqueces Assim o balão depressa fica cheio de ar dilatado que é muito mais leve que o ar frio do exterior 4 Quando primes o botão verde os ímanes são afastados Se o ar no interior estiver a 80 C ou mais o balão e o ar quente no seu interior é mais leve que o ar frio envolvente pelo que tenderá a subir como uma rolha dentro de água 5 Enquanto o balão sobe o ar no interior arrefece e contrai se O ar frio do exterior começa a entrar e o balão torna se mais pesado e desce pronto para a próxima viagem Sabias que O primeiro balão de ar quente foi construído pelos irmãos Montgolfier em França em 1794 Eram fabricantes de papel pelo que o balão era feito de papel aplicado numa estrutura e o ar era aquecido com uma pequena fogueira uma boa receita para o desastre Os primeiros passageiros eram animais da quinta que após um curto voo regressavam à terra em segurança Os dois irmãos fizeram mais tarde nesse mesmo ano o primeiro voo tripulado Os balões de ar quente modernos são feitos do mesmo tipo de tecido deste e transportam grandes botijas de gás para produzir a chama que aquece o ar no seu interior Podes estar surpreendido pelo facto do ar ter peso Há cerca de 4 25 kg de ar quando este está frio a 20 C no

    Original URL path: http://www2.pavconhecimento.pt/exposicoes/modulos/index.asp?accao=showmodulo&id_exp_modulo=140&id_exposicao=6 (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • Pavilhão do Conhecimento
    de andar à roda desloca se rapidamente para a frente e para trás no campo do íman 3 As vibrações da bobina são geralmente convertidas em ondas sonoras por um grande cone de papel ou de plástico que está fixo à bobina Quando o cone vibra de dentro para fora comprime ligeiramente o ar à sua frente quando se move no sentido contrário expande o ar à sua frente Estas compressões e expansões viajam através do ar à velocidade de cerca de 300 metros por segundo e são ouvidas como som quando atingem os nossos ouvidos Se o cone for retirado tal como aconteceu no rádio deste módulo resta apenas a pequena bobina para comprimir e expandir o ar e o som produzido mal se ouve Se colocarmos o balde em contacto com a bobina este vibra e propaga essas vibrações através de uma grande quantidade de ar amplificando o som O mesmo aconteceria com qualquer objecto com uma grande superfície que fosse posto em contacto com a bobina Atenção A bobina tem uma ponta vermelha de plástico onde o balde tem de tocar 5 Cada som produzido pelo altifalante tem a sua própria corrente alternada Os sons agudos tem uma alta frequência até 10 000 alternâncias por segundo As notas baixas podem ser ouvidas até cerca de 20 vibrações por segundo Para tornar o som mais forte é aumentada a força da corrente alternada de modo que a bobina e o balde efectuam maiores vibrações Podes imaginar como é complicada a corrente alternada quando está a ser produzida uma grande mistura de sons como a voz ou a música As vibrações de um bom altifalante devem seguir fielmente a corrente alternada se não quisermos que distorça o som Deves notar que os baldes e as latas produzem alguma distorção

    Original URL path: http://www2.pavconhecimento.pt/exposicoes/modulos/index.asp?accao=showmodulo&id_exp_modulo=141&id_exposicao=6 (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • Pavilhão do Conhecimento
    desordenadamente As bolhas aceleram até que a força de resistência iguala a força de impulsão Quanto maior for a bolha maior é a velocidade resultante ou seja a velocidade a que a resistência e a força de impulsão se igualam Uma bolha com o dobro do diâmetro desloca se a uma velocidade quatro vezes maior Se soprares uma bolha grande logo a seguir a uma mais pequena a maior apanha a outra comprime a como se fosse um sino e depois desloca se para dentro dela A bolha que fica por cima vê se obrigada a mover se à volta da bolha maior que está a tentar ultrapassá la Se observares com atenção a fina camada de óleo entre as duas bolhas momentos antes de se combinarem poderás ver anéis de cores como os das bolhas de sabão A diferença é que neste caso trata se de uma fina película de ar com o óleo pela parte de dentro e pela parte de fora em vez duma fina película de líquido com ar pela parte de dentro e de fora As bolhas minúsculas no fluído sobem muito devagar e não se ligam às maiores Observa com atenção para veres a maneira como o fluído se desloca para um lado e volta ao mesmo lugar à medida que as bolhas maiores sobem através dele Na verdade quando as bolhas grandes estão a passar o fluído e as bolhas minúsculas movem se em laços para cima e para fora e depois para baixo e para dentro mas precisaríamos de um diagrama animado para mostrarmos este movimento Sabias que Em meados do século XIX Sir George Stokes calculou a resistência exercida sobre uma bolha em deslocação através de um fluído viscoso dentro de um tubo muito largo A sua fórmula indica que a

    Original URL path: http://www2.pavconhecimento.pt/exposicoes/modulos/index.asp?accao=showmodulo&id_exp_modulo=142&id_exposicao=6 (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • Pavilhão do Conhecimento
    Bernoulli o nome do matemático suíço Daniel Bernoulli que trabalhou sobre a teoria dos fluídos no século XVIII Como a pressão do ar a deslocar se rapidamente sobre a asa ou a bola é baixa a pressão mais elevada do ar a deslocar se mais lentamente por baixo empurra a para cima É esta a força que segura a bola e o avião Jumbo Devias esperar que o ar proveniente do ventilador soprasse a bola para longe Na verdade é o que acontece mas há três forças a actuar sobre a bola que se equilibram e mantêm a bola a flutuar Existe a força do efeito de Bernoulli designada por sustentação que actua perpendicularmente à corrente de ar Existe a força que sopra para longe do ventilador designada arrasto e existe o peso da bola a força gravitacional da terra que actua directamente para baixo Imagina que desligas o ventilador e manténs a bola na mesma posição com dois cordões um na direcção da sustentação e o outro na do arrasto A terra naturalmente continuará a puxar a bola para baixo mesmo com o ventilador desligado Quando colocas a tua mão na corrente de ar alteras a respectiva velocidade e direcção pelo que modificas as forças de sustentação e arrasto A bola vai mudando de posição até que as forças se voltam a equilibrar Isto acontece mesmo que a mão esteja por trás da bola Coisas que podes experimentar Segura transversalmente com ambas as mãos a extremidade de uma folha de papel em frente ao queixo e sopra para a parte de cima O papel sobe pois é empurrado para a corrente de ar a deslocar se mais rapidamente uma boa demonstração do efeito de Bernoulli Se soprares entre dois bocados de papel eles aproximam se em vez de se

    Original URL path: http://www2.pavconhecimento.pt/exposicoes/modulos/index.asp?accao=showmodulo&id_exp_modulo=143&id_exposicao=6 (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • Pavilhão do Conhecimento
    Previous 01 02 Previous 00 01 Previous 99 00 Schools Groups Activities Centro de formação Roteiro Científico Club Shop Bookshop Cafetaria Ciência Viva Centers Projects Highlights Na imprensa Versão Portuguesa módulos Cubos Vê Faz Aprende 1ª parte O módulo encontra se na Casa inacabada Vê e faz Constrói um cubo 3x3x3 Constrói as outras formas indicadas Usa sempre todas as peças Voltar à listagem de módulos Imprimir Parque das Nações

    Original URL path: http://www2.pavconhecimento.pt/exposicoes/modulos/index.asp?accao=showmodulo&id_exp_modulo=145&id_exposicao=6 (2016-01-01)
    Open archived version from archive

  • Pavilhão do Conhecimento
    Previous 99 00 Schools Groups Activities Centro de formação Roteiro Científico Club Shop Bookshop Cafetaria Ciência Viva Centers Projects Highlights Na imprensa Versão Portuguesa módulos Desfaz o nó Vê Faz Aprende 1ª parte Vê e faz Para retirar a corda da estrutura desembaraça a de forma a ficar em volta de um ou dois dos postes Tenta atingir um dos passos abaixo e depois segue as indicações Voltar à listagem

    Original URL path: http://www2.pavconhecimento.pt/exposicoes/modulos/index.asp?accao=showmodulo&id_exp_modulo=147&id_exposicao=6 (2016-01-01)
    Open archived version from archive